Decisão do TSE altera composição da Assembleia Legislativa do Paraná

03/11/2021 11h51 | por Cláudia Ribeiro
Podcast Novos deputados assumem mandato na Assembleia Legislativa do Paraná na segunda-feira (08).

Novos deputados assumem mandato na Assembleia Legislativa do Paraná na segunda-feira (08).Créditos: Dálie Felberg/Alep

Novos deputados assumem mandato na Assembleia Legislativa do Paraná na segunda-feira (08).

Na próxima segunda-feira (08), quatro novos deputados tomam posse na Assembleia Legislativa do Paraná: Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM), Adelino Ribeiro (Patriotas) e Pedro Bazana (PV). Eles ocupam as vagas deixadas pelo deputado Delegado Francischini (PSL), Do Carmo (PSL), Emerson Bacil (PSL) e Cassiano Caron (PV). A notificação do TRE, que obedece à decisão do TSE, que cassou o mandato de Francischini por uso indevido dos meios de comunicação, e a convocação dos novos parlamentares foram lidas no início da sessão desta quarta-feira (3), pelo 1º secretário da Casa, deputado Luiz Claudio Romanelli.

(Sobe som)

Conforme o TSE, Francischini foi cassado por divulgar notícias falsas em uma live sobre uma suposta fraude nas urnas eletrônicas nas eleições de 2018. Com isso, ficou determinada a anulação e recontagem dos votos do político, que obteve 427 mil votos. Como a eleição é proporcional, os outros três deputados da coligação, acabaram perdendo as cadeiras, como lembra o presidente do legislativo, o deputado Ademar Traiano (PSDB).

(Sonora)

Cassiano Caron tinha acabado de assumir a vaga deixada por Subtenente Everton (PSL), cassado por receber doação de campanha de uma associação de militares da reserva – pessoa jurídica – o que é proibido pela legislação eleitoral. Com as mudanças, a bancada do PSL, que era a maior da Assembleia, com oito cadeiras, perde metade de suas vagas, ficando com quatro deputados.

Dos quatro novos parlamentares, o único estreante a assumir é Pedro Bazana, que teve 21.145 votos em 2018.  Ele é ex-vice-prefeito de Arapongas, no Norte do estado. Em 2020, foi candidato a prefeito da cidade, mas ficou em quinto lugar. Atualmente, é presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) do município.

Os outros suplentes já passaram pelo legislativo paranaense. Adelino Ribeiro teve 37.835 votos em 2018 e já havia exercido dois mandatos, entre 2011 e 2018; Nereu Moura (MDB), com 35.479, tem sete mandatos ocupados entre os anos de 1993 e 2018. Elio Rusch (DEM), que obteve 32.001, também foi deputado por sete mandatos no mesmo período, e assumiu o cargo duas vezes nesta legislatura durante a licença maternidade da deputada Maria Victória (PP).

Além das mudanças recentes, logo no início da atual legislatura, assumiram os mandatos os deputados Hussein Bakri (PSD), no lugar de Márcio Nunes, que se tornou secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo; Cantora Mara Lima (PSC), no lugar do secretário-chefe da casa Civil do Governo, Guto Silva e, ano passado, Gugu Bueno (PL), que ocupou a cadeira deixada por Marcel Micheletto, convidado para assumir a Secretaria estadual de Administração e Previdência. Além disso, o deputado Ademir Bier (PSD), foi convocado a assumir a cadeira deixada pelo Delegado Recalcatti, que morreu em 2020.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação