Rede de proteção é fundamental, afirma procuradora da Mulher da Alep Deputada Cristina Silvestri parabenizou a Câmara de Vereadores de Curitiba pela instalação da Procuradoria Municipal; órgão já foi criado em 20 municípios paranaenses.

23/09/2019 11h48 | por Nádia Fontana
Deputado Cristina Silvestri (PPS), procuradora da Mulher da Alep, participou da instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de Curitiba.

Deputado Cristina Silvestri (PPS), procuradora da Mulher da Alep, participou da instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de Curitiba.Créditos: Carlos Costa/CMC

Deputado Cristina Silvestri (PPS), procuradora da Mulher da Alep, participou da instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de Curitiba.

Deputado Cristina Silvestri (PPS), procuradora da Mulher da Alep, com a procuradora da Mulher da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Julieta Reis.Créditos: Carlos Costa/CMC

Deputado Cristina Silvestri (PPS), procuradora da Mulher da Alep, com a procuradora da Mulher da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Julieta Reis.

A criação de uma rede das procuradorias, atuando em conjunto na defesa dos direitos das mulheres paranaenses, foi defendida pela deputada Cristina Silvestri (PPS), procuradora Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), durante a sessão de instalação da Procuradoria da Mulher da Câmara Municipal de Curitiba (CMC). “Estamos na luta juntas, por mais políticas públicas e por mais dignidade. Temos que levar a Procuradoria da Mulher a todos os municípios do Paraná, para formarmos uma rede de proteção da mulher e da família”, sugeriu.

Com a instituição da Procuradoria Municipal da Capital, o Paraná contabiliza a criação de mais de 20 órgãos autônomos de combate à violência e à discriminação, que vão atuar em cidades do Estado. “Nosso objetivo é implantar procuradorias da mulher em cada um dos 399 municípios paranaenses”, informou a deputada. “Precisamos da união de forças entre todos os poderes públicos – Executivo, Judiciário, Ministério Público – e das instituições, como a OAB, e todas as que comungam com essa luta”, acrescentou, quando lembrou que voltava de União da Vitória (PR), onde participou de um seminário sobre violência doméstica e familiar.

História – A procuradora da mulher da Assembleia parabenizou a Câmara de Curitiba pela implantação do órgão, durante cerimônia realizada na noite da última quinta-feira (19). Também desejou um excelente trabalho à primeira procuradora da história do legislativo municipal, a vereadora Julieta Reis, assim como as vereadoras Maria Leticia Fagundes e Noêmia Rocha, procuradora adjuntas. Elas integram a maior bancada feminina, formada por oito parlamentares – o maior número de cadeiras já ocupadas por elas na história da CMC.

“Vamos zelar pela participação mais efetiva das mulheres na sociedade e promover os direitos das mulheres”, disse Julieta Reis, assim que assumiu a condução da solenidade. “É com grande satisfação que recebemos a todas nesta noite e que certifico as parlamentares nesta noite de instalação da Procuradoria da Mulher. A CMC garante toda a estrutura e apoio para que isto aconteça”, disse Sabino Picolo, presidente da Câmara de Curitiba.

Organização – Na capital do Paraná, a criação da Procuradoria da Mulher foi aprovada em maio deste ano, de uma proposta da vereadora Maria Leticia, endossada pelos demais 37 parlamentares. Na Câmara Federal a iniciativa já existe desde 2009, estando presente também no Senado e em diversas Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas do país.

No último dia 13 de setembro aconteceu a instalação da Procuradoria Municipal da Mulher em Chopinzinho, na região Sudoeste do Paraná. “A Procuradoria da Mulher é referência na criação e desenvolvimento de ações e políticas públicas no âmbito federal, dos estados e municípios. Estão sendo criadas para mudar esse cenário violento, de tragédias diárias, que destroem famílias”, destacou na ocasião a deputada Cristina Silvestri.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação