Comissão Especial aprova Augustinho Zuchi para vaga de conselheiro do Tribunal da Contas

12/12/2022 13h55 | por Cláudia Ribeiro
Podcast Comissão Especial aprova o nome de Augustinho Zucchi para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas

Comissão Especial aprova o nome de Augustinho Zucchi para o cargo de conselheiro do Tribunal de ContasCréditos: Orlando Kissner/Alep

Comissão Especial aprova o nome de Augustinho Zucchi para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas

Por unanimidade, os deputados que integram a Comissão Especial que sabatinou o candidato a conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Augustinho Zuchi, aprovaram o nome dele ao cargo. Foi na manhã desta segunda-feira (12), na Sala das Comissões da Assembleia Legislativa do Paraná. Eles acompanharam o voto favorável do relator na Comissão Especial, deputado Luiz Fernando Guerra (União Brasil). Zucchi foi indicado para o posto pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), após a aposentadoria do ex-conselheiro Nestor Baptista.

Zucchi respondeu a questionamentos sobre a cooperação entre o TCE-PR e outros poderes estaduais, como a própria Assembleia Legislativa, e a relação do órgão com prefeituras e câmaras de vereadores, entre outros.  Ele defende a relação estreita do Tribunal de Contas com os municípios, principalmente depois de ter sido secretário da pasta que lida diretamente com os gestores municipais e de ele próprio, ter sido prefeito de pato Branco, no Sudoeste do Paraná.

(Sonora)

De acordo com o Regimento Interno da Assembleia, a Comissão é composta por cinco membros, conforme a representação partidária. Ela foi formada pelo presidente, deputado Marcio Nunes (PSD), pela deputada Mabel Canto (PSDB), pelo deputado Márcio Pacheco (Republicanos), pelo deputado Tião Medeiros (PP), além do relator. O deputado Homero Marchese (Republicanos) também participou do encontro. Para Márcio Nunes, um trabalho importante e criterioso.

(Sonora)

Nascido em Itapejara do Oeste, Augustinho Zucchi é engenheiro agrônomo, formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1985.  Fez parte da União Paranaense dos Estudantes (UPE) e da União Nacional dos Estudantes (UNE). Em 1982 fundou o Centro Acadêmico de Agronomia da UFPR e, em 1984, presidiu a Casa do Estudante Luterano Universitário (CELU), em Curitiba. No ano seguinte, tornou-se funcionário de carreira do atual Instituto de Água e Terras (IAT). Foi chefe do Escritório Regional do Instituto, em Pato Branco, e conduzido ao cargo de Diretor de Terras, em Curitiba, onde ficou até 1990. Entre 1991 e 1994, chefiou o Escritório Regional da Secretaria da Agricultura de Pato Branco.

Foi eleito deputado estadual, em 1994, e permaneceu na Assembleia Legislativa até 2012, durante cinco mandatos, onde presidiu diversas comissões e frentes, como a de Agricultura, Indústria e Comércio, além de integrar CPIs, como a dos Portos.  Em 2013, foi eleito prefeito de Pato Branco. Reeleito, permaneceu na prefeitura até 2020. Em 2022, assumiu a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas do Paraná.

O próximo passo da Comissão Especial será notificar a Mesa Executiva da Assembleia para a convocação de uma sessão especial para a votação do nome de Zuchi à vaga em plenário.

(Sonora)

 

 

 

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação