Ouça os principais assuntos da semana na Assembleia

13/02/2020 16h40 | por Cláudia Ribeiro e Júnior Zarur
Podcast Audiência pública debateu os efeitos da fusão de municípios no Paraná. Parlamentares e representantes dos municípios aprovaram a Carta do Paraná, que reage às propostas federais que preveem extinção de cidades com até cinco mil habitantes.

Audiência pública debateu os efeitos da fusão de municípios no Paraná. Parlamentares e representantes dos municípios aprovaram a Carta do Paraná, que reage às propostas federais que preveem extinção de cidades com até cinco mil habitantes.Créditos: Orlando Kissner/Assembleia

Audiência pública debateu os efeitos da fusão de municípios no Paraná. Parlamentares e representantes dos municípios aprovaram a Carta do Paraná, que reage às propostas federais que preveem extinção de cidades com até cinco mil habitantes.

Confira agora o nosso podcast com o resumo do que foi notícia na Assembleia Legislativa.

Vamos relembrar um pouco do que aconteceu de mais importante por aqui entre 10 e 13 de fevereiro.

Na segunda, teve a presença do secretário-chefe da Casa Civil, deputado licenciado Guto Silva, que veio entregar pessoalmente ao presidente da Assembleia um pacote de projetos do Governo do estado;

Teve homenagem para o artista maringaense Paolo Ridolfi;

E para o desembargador gaúcho Thompson Flores.

 No Plenário, entre os projetos da ordem do dia, os deputados analisaram a proposta que dá preferência para mulheres vítimas de violência em cursos de capacitação.

Comentar que foram seis projetos que o Guto Silva trouxe e destacar um. Por exemplo, o que prevê que as obras do governo do estado possam ser acompanhadas por qualquer pessoa por meio da internet.

Falar do Paolo com título de cidadão benemérito e do Thompson Flores, do TRF 4 como cidadão honorário.

Também falar que os projetos em relação às mulheres são da Cristina Silvestri e do Francischini, que aí pulamos para a terça, com a aprovação do projeto dele que obriga condomínios a denunciarem violência contra a mulher (e inclui crianças, jovens e idosos também). Explicar um pouco destas propostas.

Aproveitar e falar da audiência pública Paraná + Orgânico, que aconteceu na terça-pela manhã.

(instituir a alimentação escolar orgânica em todo o sistema estadual de ensino do Paraná, vai demandar um esforço conjunto de agricultores e do poder público para fomentar a produção de alimentos sem agrotóxicos no estado. Hoje, 8% da alimentação escolar é orgânica e 60% é proveniente da agricultura familiar, segundo o governo estadual. A necessidade de crescimento destes índices foi debatida em uma audiência pública aqui na Assembleia, por iniciativa do deputado Goura (PDT).))

Teve ainda na terça a primeira reunião da CCJ do ano e a entrega do relatório da CPI da JMK, que aconteceu ano passado aqui na Casa, relatório com mais de 200 p´´aginas, orientações dos deputados que integraram a CPI, entre eles, Soldado Fruet (PROS) e Delegado Jacovós (PL), presidente e relator, para os órgãos de investigação, Ministério Público, por exemplo. E só lembrando que o relatório deve passar pela avaliação em plenário nos próximos dias.

(sobe som)

A quarta foi o dia mais movimentado por aqui. Teve a audiência pública, promovida pelo deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), 1º secretário da Assembleia, que mobilizou prefeitos, vereadores, associações que representam municípios, de várias regiões do Paraná, enfim, muita gente mesmo...

Tanto que o evento que seria inicialmente no plenarinho, precisou ser transferido para o Plenário.

Lembrando que o tema dessa audiência foi aquela possível extinção e fusão de municípios com menos de cinco mil habitantes em todo o país. E aqui no Paraná seriam mais de 100. Isso porque tramita no Congresso uma PEC que trata do tema, com a justificativa de cortar gastos. 

Mas todos os convidados, inclusive os deputados que são da oposição aqui na Assembleia, são contrários à medida.

E os principais argumentos de quem participou é que os municípios maiores, que deveriam incorporar os menores, não têm condições nem estrutura para isso. Além disso, cidades pequenas estão todas funcionando bem sem necessidade de se transformarem em distritos, como quer a PEC.

Da audiência surgiu a “Carta do Paraná” em repúdio à proposta.

(Sobe som)

E nesta quinta, a Assembleia debateu com especialistas o tema “O novo Corona Vírus – o que podemos fazer para nos proteger?” O objetivo foi informar o que já se sabe sobre o novo vírus e como as pessoas podem se proteger. A Iniciativa foi dos deputados Michele Caputo (PSDB) e Tercilio Turini (Cidadania).

 

 

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação