Site de A a Z ///
Siga-nos:
 
<< Voltar ///

Orlando Pessuti

Partido: PMDB

Biografia

Orlando Pessuti nasceu em Califórnia, na época município de Apucarana (PR), no dia 10 de março de 1953. Filho de Natal Pessuti e Idalina Pinese, é casado com Regina Fischer Pessuti.
Formado em Medicina Veterinária pela UFPR, faz parte do quadro de funcionários da Emater (PR).
Foi presidente da CEU (Casa do Estudante Universitário) de 1977 a 1978, e do Conselho Regional de Medicina Veterinária de 1987 a 1990.
Em 1982 foi eleito pela primeira vez deputado estadual. Em 1986 foi reeleito, desta vez deputado estadual constituinte.
Em 1990 conquistou o terceiro mandato como o sexto deputado mais votado do Estado. Em 1994, foi reconduzido à Assembleia Legislativa. Em 1989 foi reeleito 2º Vice–Presidente da Casa. Em 1991 foi escolhido líder do governo e líder do PMDB.
Em 1993 foi eleito presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, cargo que ocupou até fevereiro de 1995. Durante a viagem do ex-governador Mário Pereira ao exterior, de 21 a 27/10/94, assumiu interinamente o governo do Paraná.
Ocupou desde o primeiro mandato, a presidência de várias comissões, entre elas, as de Agricultura, Indústria e Comércio; de Ecologia e Meio Ambiente; de Saúde Pública e de Recursos Humanos, e foi também relator-geral da Comissão Especial da Lei Orgânica dos Municípios em 1985.
Foi presidente do Bloco Parlamentar Agropecuário, criado na Assembleia Legislativa para defender os interesses dos produtores rurais.
Em 1998 foi reeleito deputado estadual pelo PMDB.
Foi suplente da CCJ e membro da Comissão de Agricultura e da Comissão de Saúde. Foi também  líder do PMDB.
Em 1999 foi eleito em Recife, Pernambuco, 1º Vice-Presidente da UNALE (União Nacional dos Legislativos Estaduais).
Em 2002 e 2006 foi eleito vice-governador do Estado do Paraná, quando assumiu o governo interinamento por viagens do então governador Roberto Requião de Mello e Silva.
Em 2010 assumiu o governo do Paraná após Roberto Requião se licenciar do cargo para concorrer ao Senado da República no pleito de 2010.