Site de A a Z ///
Siga-nos:
 
<< Voltar ///

Manoel de Alencar Guimarães

Partido: Partido Desconhecido

Biografia

Manoel Alencar Guimarães nasceu em Bueno Aires (AR) no dia 13 de dezembro de 1865. Mudou-se ainda criança para o Brasil com os pais.
Era formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Recife. Colou grau no dia 26 de novembro de 1886.
Exerceu os cargos de promotor público de Ponta Grossa (PR), ainda no tempo de Província; promotor público da comarca de Nazaré, Pernambuco, onde foi removido para Palmas, na mesma província; juiz Municipal e dos Órfãos de Curitiba (1888); chefe de Política (1889); secretário da seção de Estatísitica (1890). Foi nomeado pela junta do Governo Provisório, em 1891, a chefe de Polícia. Eleito deputado da Assembleia Constituinte, foi reeleito em várias legislaturas.
Assumiu o Governo do Estado de 25 de fevereiro a 26 de abril de 1908, como substituto legal do titular. Na época ocupava a presidencia do Congresso Estadual.
Mais tarde ocupou uma cadeira do Senado, para a qual também foi reeleito. Fez parte da Comissão Executiva, de comissões especiais como a do Código Civil e a do Código Comercial. Presidiu a Comissão Executiva das Comemorações do Centenário da Independência, da qual foi também seu tesoureiro.
Em julho de 1927 foi nomeado inspetor de consulados com exercícios na América do Sul e Sul da África. Desempenhou ainda a função de juiz do Tribunal Regional do Paraná.
Devido ao golpe de Estado, Alencar foi membro do Departamento Administrativo do Estado, cargo de que se exonerou devido ao seu precário estado de saúde.
Faleceu no dia 9 de setembro de 1940, em Curitiba (PR).

Informações retiradas do livro "130 anos de vida Parlamentar paranaense", 1954, de Maria Nicolas.