Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

24/06/2019 às 17h33 > atualizado em 24/06/2019 às 18h51

Assembleia Legislativa celebra os 85 anos do Crea-PR

Por Trajano Budola

Os 85 anos de atividades do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) foram celebrados pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) durante a sessão plenária desta segunda-feira (24). “O conselho é responsável pela fiscalização, apoio à qualificação e melhoria da qualidade dos projetos e execuções de engenharia que temos em nosso estado. Seja engenharia civil, agronômica ou elétrica, por exemplo. Nossa infraestrutura é dependente dos engenheiros paranaenses, daí nosso reconhecimento”, destacou o deputado Tiago Amaral (PSB), proponente da homenagem.

“Um dos grandes programas de habitação que o Brasil já teve, o Casa Fácil, que só no Paraná atendeu mais de 180 mil famílias ao longo de 30 anos, só pode ser viabilizado graças à parceria com o Crea, que ofereceu apoio para a elaboração de projetos que atenderam mais de 90% dos municípios do Paraná, mesmo sem qualquer retorno financeiro”, afirmou o parlamentar.

De acordo com o presidente da entidade, o engenheiro Ricardo Rocha de Oliveira, o Crea-PR conta com mais de 70 mil profissionais, além de 20 mil empresas registradas. “Quando o conselho foi criado não havia nenhuma usina hidrelétrica no Paraná, toda a infraestrutura do estado estava em Curitiba. Contribuímos para que a profissão fosse desenvolvida, fiscalizada e registrada adequadamente”, explicou. “Só temos a agradecer ao Poder Legislativo, estaremos juntos no que for preciso para apoiar o crescimento do estado”.

História – Criado em 11 de junho de 1934, o Crea-PR é uma autarquia responsável pela regulamentação e fiscalização das empresas e profissionais da área de engenharia e suas ramificações. Ele promove ações para o crescimento do estado, melhoria do ambiente de trabalho e garantia dos direitos de mais de 70 mil profissionais registrados. Para isso, se faz presente nas principais cidades do Estado, com regionais em Curitiba, Apucarana, Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco e Ponta Grossa, além de 35 Inspetorias.

Ouça as entrevistas desta notícia:
Clique aqui para fazer o download do boletim

Carregando galeria do Flickr...

  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep
  • Foto: Orlando Kissner/Alep

Foto: Orlando Kissner/Alep



Notícias mais lidas

Destaques