Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

15/04/2019 às 19h37 > atualizado em 16/04/2019 às 13h57

Maria Victória (PP) se licencia e Elio Rusch (DEM) toma posse

Por Sandra C. Pacheco

O ex-deputado Elio Rusch (DEM) assumiu nesta segunda-feira (15), em ato realizado durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), a vaga aberta com a licença-maternidade da deputada Maria Victória (PP), cuja filha, Maria Antonia, nasceu na última sexta-feira (12). Esta é a primeira vez em que um parlamentar se afasta com base na Emenda Constitucional nº 42, de 12 de dezembro de 2018, que prevê licença aos deputados em razão do nascimento de filho ou adoção.

No caso das mulheres, o dispositivo concede até 180 dias consecutivos de afastamento. E para os pais, concede oito dias consecutivos, conforme as regras já adotadas para os servidores públicos. Rusch é parlamentar experiente, que desempenhou sete mandatos sucessivos no Legislativo estadual. Nas eleições de 2018, ficou na suplência, sendo convocado agora a retomar a função. Nascido em Crissiumal (SC), em 16 de maio de 1952, veio para o Paraná e apenas dois anos após haver chegado, já era líder do movimento estudantil, muito forte naquela época. Presidiu grêmios estudantis e a Associação Rondonense de Estudantes Secundários, além de integrar a diretoria da União Paranaense de Estudantes Secundários (UPES).

Vereador – Concorreu a uma cadeira na Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon em 1976, elegendo-se com expressiva votação. Reelegeu-se em 1982 e 1988. Presidiu a Câmara durante sete dos 14 anos em lá esteve, chegando a assumir interinamente a Prefeitura em 1984.Em 1990 elegeu-se deputado estadual, com 15 mil votos. Retornou quatro anos depois, com 25 mil votos. Reelegeu-se em 1998, 2002, 2006, 2010 e 2014, sempre ampliando a votação. Em 2014 foram perto de 55 mil votos.

Um de seus principais projetos foi o que resultou na criação do Batalhão de Fronteira em 1998, cuja implementação se deu em 2012, com sede em Marechal Cândido Rondon. Na Assembleia Legislativa ocupou várias posições de destaque, participando de diversas comissões. Presidiu a Comissão de Finanças e de Tomada de Contas, foi vice-presidente da Casa e relator por sete anos da Comissão de Orçamento. Foi líder da bancada do DEM no Legislativo, foi secretário-geral do partido e presidente do Diretório Regional entre 2011 e 2015. Como linha de atuação, escolheu a defesa da livre iniciativa, da parceria público-privada e o direito à propriedade, além de ser um fervoroso porta-voz das causas municipalistas.

Logo após prestar o juramento, o deputado disse que, ao longo dos seis meses de atuação que o aguardam, vai dar continuidade aos pleitos que vinha representando na Legislatura passada e ao longo de toda a sua atividade parlamentar, com especial atenção para os problemas que afligem os municípios: “Vamos trabalhar, nesse curto espaço de tempo, sempre mirando o desenvolvimento econômico e social do Paraná”, completou.

 

Ouça as entrevistas desta notícia:
Clique aqui para fazer o download do boletim





Notícias mais lidas

Destaques