Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

22/07/2019 às 10h18 > atualizado em 22/07/2019 às 10h33

Políticas em prol das mulheres estiveram na pauta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher

Por Eduardo Santana

Debates importantes sobre as garantias de políticas públicas em prol da mulher paranaense marcaram o primeiro semestre de trabalhos da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), presidida pela deputada Cantora Mara Lima (PSC). Dentre as ações promovidas pela Comissão nesse período esteve a realização da audiência pública “Violência Contra a Mulher – Conquistas e Desafios”, realizada no último mês de março. O encontrou contou com a participação de representantes da sociedade civil organizada e de órgãos públicos que debateram como a ampliação dos serviços de atendimento à mulher violentada e o fortalecimento de políticas públicas contra os diversos tipos de violências cometidos contra a mulher foram amplamente debatidos durante mais de três horas de reunião.

“Nesta audiência pudemos colher depoimentos e experiências de todas as entidades que participaram da audiência, e a Comissão conseguiu informações preciosas para dar encaminhamentos às demandas apresentadas", afirmou a deputada Cantora Mara Lima. Mas neste primeiro semestre também conseguimos conquistas importantes. Entre essas conquistas está a criação da Procuradoria da Mulher na Assembleia”, ressaltou a deputada.

Procuradoria especial - Oficialmente instalada neste mês de julho, a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa terá como objetivo zelar pela defesa dos direitos das mulheres, assim como receber, examinar e encaminhar aos órgãos competentes as denúncias de violência e discriminação contra a mulher. A Procuradoria será comandada pela deputada Cristina Silvestri (PPS) e vai atuar como parceira dos órgãos públicos e entidades da sociedade que já trabalham na causa. "Em 2010, quando cheguei a essa Casa de Leis, propus a instalação dessa procuradoria. Naquela ocasião não foi possível. Hoje podemos ver essa bandeira de luta sendo levantada e promovida, o que dará suporte ao que fazemos na Comissão da Mulher, que é reforçar a luta em defesa dos direitos de todas as mulheres paranaenses”, apontou a deputada.

Dia Internacional da Mulher – O Grande Expediente realizado durante a sessão plenária do dia 18 de março homenageou mulheres de atuação destacada em várias áreas da sociedade paranaense. Receberam menção honrosa a Primeira Dama do Estado do Paraná, Luciana Saito Massa; a ex-governadora Cida Borghetti (PP), a delegada titular da Delegacia da Mulher de Ponta Grossa, Claudia Kruger; a ex-secretária de Mulheres do PT do Paraná, coordenadora do Fórum Popular de Mulheres, Antonia Passos de Araújo; e a vice-reitora da Universidade Paranaense, Neiva Pavan Machado Garcia. O diploma endereçado In Memoriam à soldado Barbara Aline Gonçalves da Rocha foi recebido por seu pai, Claudecir Gonçalves da Rocha. A soldado foi morta num confronto com criminosos, em 24 de dezembro de 2016.

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher promoveu neste primeiro semestre a palestra "Gestão da Imagem da Mulher Executiva", ministrada pela consultora da imagem e personal stylist Flay Boeira; a audiência pública "Prevenção ao Câncer de Cabeça e Pescoço", que fez parte da campanha Julho Verde, celebrado no dia 27 deste mês chamando a atenção para a importância da conscientização e prevenção destes tipos de câncer; e uma visita à Casa da Mulher Brasileira, referência no atendimento às mulheres vítimas de violência.

Também integram a Comissão, como membros efetivos, as deputadas Luciana Rafagnin (PT), como vice-presidente; Cristina Silvestri (PPS), Mabel Canto (PSC) e Maria Victoria (PP) e os deputados Delegado Fernando (PSL) e Delegado Francischini (PSL).



Notícias mais lidas

Destaques