Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

12/02/2019 às 14h36 > atualizado em 12/02/2019 às 17h34

Produtores vão debater na ALEP a retirada da tarifa de importação do leite europeu

Por Assessoria de Imprensa, com colaboração da assessoria parlamentar.

Uma audiência pública para discutir a Circular n° 5 do Ministério da Economia que trata das tarifas antidumping para importação de leite da União Europeia e da Nova Zelândia será realizada na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), na segunda-feira (18). O debate contará com a participação de produtores de leite e lideranças agrícolas.

Segundo o deputado Professor Lemos, líder da bancada do PT, que está organizando a reunião com o apoio do deputado Reichembach (PSC), com essa decisão do Governo federal existe o perigo do mercado brasileiro ser inundado com leite em pó europeu subsidiado. Situação que inviabilizaria parte da produção nacional, em especial a do Paraná que é o segundo maior produtor do leite do país. Ele lembra que os agricultores estrangeiros exportam leite a um preço inferior ao praticado no Brasil com o intuito de conquistar mercados. “Por isso, desde 2001 existia uma tarifa – chamada de antidumping – para evitar que os preços praticados pelos produtores estrangeiros para exportação do produto fossem mais barato que o do leite produzido no Brasil”, explicou.

“O fim da taxação acirraria a concorrência entre o leite em pó estrangeiro e o produto local, causando prejuízos à nossa economia e aos nossos produtores, por isso o debate se faz tão necessário”, afirma Reichembach. “Quando temos um país subsidiando a produção e ele é exportado, e passa a concorrer com um produto que não é subsidiado, o que nós temos é uma concorrência desleal”, acrescentou o Professor Lemos. Dados preliminares do Censo Agropecuário de 2017/IBGE mostram que existem no Brasil 1.171.190 estabelecimentos que produzem leite, sendo a maioria de pequenos produtores. Dentre as ações discutidas pelos parlamentares está a recriação da Frente Parlamentar do Leite na Assembleia Legislativa, que tem como objetivo de defender os interesses do setor, principalmente dos pequenos produtores. A audiência terá início às 9h no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná.



Notícias mais lidas

Destaques