Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

19/08/2019 às 15h27

Soldado Fruet pede fuzis para PM combater criminalidade na fronteira

Por Diretoria de Comunicação com assessoria parlamentar

Em função da alta periculosidade na região da tríplice fronteira, o deputado estadual Soldado Fruet (PROS) encaminhou um ofício ao comandante-geral da Polícia Militar do Paraná (PMPR), coronel Péricles de Matos, solicitando a aquisição de fuzis para os destacamentos da região. “Esse tipo de arma longa é necessário para a corporação endurecer o combate nas rotas de tráfico pelo Rio Paraná”, diz o Soldado Fruet.

Segundo o deputado do PROS, o pedido se deve porque apenas duas das sete cidades atendidas pelo 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM) possuem fuzis (Foz do Iguaçu e Medianeira), enquanto as demais contam somente com armamento de calibre ponto 40 (Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Serranópolis do Iguaçu, Missal e Itaipulândia).

“Essa fronteira tem elevado número de ocorrências relacionadas ao tráfico de drogas e armas, além do furto de veículos”, aponta o Soldado Fruet, que também é titular da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP). De acordo com o deputado, “com essas armas, além do respeito, os policiais militares terão mais ação e segurança nos confrontos”.

Alta criminalidade - Conforme estatísticas da Secretaria da Segurança Pública (SESP), no primeiro semestre deste ano foram apreendidos em Foz do Iguaçu 3,8 toneladas de maconha, 54,6 quilos de crack, 9,2 kg de cocaína, 141 pontos de LSD e 61 comprimidos de ecstasy.

Os dados do Boletim de Ocorrências Unificado (BOU), alimentado pelas polícias Militar e Civil, apontam 179 ocorrências de tráfico de drogas, 164 de consumo pessoal de drogas, 2.095 furtos, 805 roubos, 31 homicídios dolosos, 124 armas apreendidas, 1.151 pessoas detidas, 129 veículos roubados, 279 furtados e 456 recuperados no município do Oeste localizado na divisa com Paraguai e Argentina.