Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

26/07/2019 - 17h30

Bons debates, PEC polêmica são destaques no fim da 4ª edição do Parlamento Universitário

Por Cláudia Ribeiro

Aos 26 dias do mês de julho de 2019, foi encerrada a 4ª legislatura do Parlamento Universitário edição 2019.  O último dia de votações em plenário foi de muitos discursos, novos embates, aplausos. Mas também foi hora de se emocionar e de agradecer à equipe que auxiliou aos deputados ao longo de nove dias do projeto, em função da experiência adquirida, vivenciando a rotina dos parlamentares, como lembraram Luiz Henrique, Guilherme e Eduarda.

 (Sonora)

Willian da Rocha, que foi derrotado na disputa para a presidência da Casa de Leis universitária, acabou líder da oposição. Articulou, atuou nos bastidores e conseguiu um feito, como conta....

(Sonora)

Willian, assim como os 54 deputados e 21 suplentes-universitários, vindos de 12 instituições de ensino do interior e da capital, viveram na pele como é ser um deputado estadual: participaram de todo o processo legislativo na quarta edição do projeto.  Eleição da Mesa-universitária, eleição indireta para governador-universitário, apresentação de projetos e análise nas comissões; formação de blocos, de lideranças... Defesa das propostas, alianças... Uma imersão dentro do Legislativo estadual.  Se valeu a pena? Para responder, aquele que conduziu o Parlamento-universitário ocupando o mais alto posto do Poder Legislativo, o presidente Leon Castellano.

(Sonora)

Projeto idealizado pela Escola do Legislativo, na primeira edição, em 2016, o Parlamento Universitário trouxe para dentro da Assembleia somente alunos do curso de Direito. Nas edições seguintes, acadêmicos de outros cursos puderam participar. E teve gente que já esteve sentada na cadeira de deputado em anos anteriores que acabou voltando, mas como voluntária. Caso de Milena Motta, da Unibrasil. Ela diz que a bagagem que adquiriu desta vez foi tão importante quanto a de 2017, quando esteve deputada-universitária.

(sonora)

Os deputados-universitários conseguiram aprovar uma pauta com quase 40 proposições.  Para o diretor da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi, que coordenou e orientou o trabalho dos estudantes, as propostas, muitas vezes, polêmicas, acabaram contribuindo para os embates em plenário e nas comissões.

(Sonora)

Dylliardi elogia ainda o nível dessas propostas e o desempenho dos parlamentares-universitários.

(Sonora)