Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

O canal de televisão do Legislativo paranaense, denominado TV Assembleia, foi inaugurado em dezembro de 2007 de acordo com a regulamentação da Lei Federal nº 8.977/95 (Lei do Cabo). Criado com o objetivo de informar os cidadãos sobre as atividades desenvolvidas pelos deputados estaduais e promover a transparência do Poder, o canal legislativo do Paraná fez sua primeira transmissão em 18 de dezembro de 2007. Desde então, a TV Assembleia está no ar com 12 horas de programação diária – das 12h às 00h.

Localizada no 1º andar do prédio que abriga o Plenário, a TV Assembleia conta com uma estrutura completa: estúdio, cabines para gravação de áudio, ilhas de edição, entre outros equipamentos necessários para a geração e transmissão do conteúdo gravado e/ou ao vivo.

Tanto a produção como a geração do conteúdo do canal legislativo são realizadas por empresa terceirizada, vinculada à Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa – por sua vez subordinada diretamente à Mesa Diretora. A programação pode ser acompanhada via canal a cabo, abertos, antenas parabólicas e pelo site institucional da Assembleia.

Grade de programação e compartilhamento do sinal

A TV Assembleia tem como carro-chefe a exibição das sessões plenárias ao vivo – de segunda a quarta-feira, a partir das 14h30. O canal contempla programas variados, como telejornais, programas de entrevista, debates, programas educativos, de cidadania, cultura, utilidade pública e memória histórica (Confira a grade de programação).

Em 2011, a TV Assembleia passou a integrar a agência de notícias do Poder Legislativo, formada por plataformas de comunicação web (mídias e redes digitais), rádio web, além da redação de releases, a fim de ampliar de maneira convergente a divulgação diária das ações do Legislativo.

Ainda em 2011, a TV Assembleia iniciou o compartilhamento do canal com câmaras municipais do estado. A primeira a firmar parceria foi a Câmara Municipal de Maringá, que passou a transmitir suas sessões plenárias e demais conteúdos entre a meia-noite e meio-dia. A medida colocou em prática a Lei nº 12.485, de 12 de setembro de 2011, que dispõe sobre a comunicação audiovisual de acesso condicionado e compartilhado.