Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

01/10/2016 às 09h00 > atualizado em 30/09/2016 às 16h48

200 textos avançam para a etapa decisiva do 1º Concurso de Redação da Assembleia

Por Kharina Guimarães


O 1º Concurso de Redação da Assembleia Legislativa do Paraná, que aplicou 50 mil redações nas escolas da rede pública de Curitiba, entra agora em sua fase final e decisiva. Aproximadamente 200 redações, com as melhores notas, foram selecionadas para continuar na disputa. Os textos passam pela terceira avaliação do concurso, que escolhe as melhores redações dos alunos do Ensino Médio. Os autores dos melhores textos serão conhecidos neste mês de outubro.  

A primeira triagem eliminou textos com menos de sete linhas, escritos a lápis ou que fugiram do tema proposto. Na sequência, a avaliação seguiu as cinco competências cobradas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta fase, os avaliadores utilizam critérios ainda mais rigorosos para decidir quem apresentou os melhores argumentos e propôs a melhor solução para a situação/problema proposta para a redação. “Nós temos um grupo de muitos profissionais envolvidos nesse processo, objetivando olhar para o aluno da escola pública. Tudo para que eles se saiam muito bem no Enem”, afirma o professor Marlus Geronasso, coordenador do Grupo Eureka.

Assembleia no Enem – O 1º Concurso de Redação da Assembleia faz parte do projeto “Assembleia no Enem”, que disponibiliza aulas e material completo para que qualquer estudante tenha condições de se preparar para conquistar a tão sonhada vaga no ensino superior. Mais de 100 mil estudantes devem ser beneficiados com a ajuda extra nos estudos. A redação ganhou um capítulo especial no projeto, por ser uma das etapas mais importante do Enem, decisiva para conquistar uma boa pontuação.

O projeto faz parte da política adotada na nova gestão da Assembleia Legislativa, que valoriza a integração entre a sociedade e o Legislativo paranaense, assim como a educação de qualidade. “Queremos dar a nossa contribuição para que os jovens possam ter maiores chances de se preparar para entrar em uma faculdade. Eu sempre me recordo das dificuldades que enfrentei para ir à escola, por isso me orgulho de hoje poder colaborar para que todos possam utilizar das facilidades da internet para estudar e se aprimorar”, ressalta o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Aulas – Em 2015 foram transmitidas pela TV Assembleia e pelo site oficial do Legislativo 364 videoaulas, elaboradas em parceria com os professores do Grupo Eureka. Os conteúdos são trabalhados de forma interdisciplinar, divididos nas cinco áreas de conhecimento cobradas no Enem. Em 2016, o Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná foi transformado em uma grande sala de aula. Até agora, mais de mil estudantes tiveram a oportunidade de acompanhar os aulões preparatórios. Uma apostila especial com questões de provas anteriores também está disponível.

Site – Todo esse material pode ser acessado no site exclusivo do projeto “Assembleia no Enem”, criado pela equipe da Diretoria de Comunicação da Assembleia. O professor Marlus Geronasso lembra que “mais de 55% dos candidatos do Enem são egressos do Ensino Médio e estão desassistidos de qualquer contribuição. O site e as videoaulas aproximam o cidadão comum de conteúdos que ele não vê há algum tempo. Queremos que mais alunos sejam atendidos. Que eles participem, assistam e consigam se capacitar para fazer um bom Enem”.

Além do Grupo Eureka, a Assembleia conta também com o apoio da Secretaria de Estado da Educação e do Centro Universitário Internacional Uninter.

 

Ouça as entrevistas desta notícia:
Clique aqui para fazer o download do boletim







Carregando galeria do Flickr...

  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Dálie Felberg/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep
  • Foto: Laura Ling/Alep

Foto: Dálie Felberg/Alep


 

Fonte: Assessoria de Imprensa (41) 3350-4188 ou 4049

Notícias mais lidas

Destaques