Frente Parlamentar divulga documento que pede a suspensão das novas concessões

09/11/2022 17h43 | por Trajano Budola
Podcast Frente Parlamentar protocola ofício na ANTT, Ministério da Infraestrutura e Comissão de Transição solicitando discussão de novos parâmetros com a sociedade paranaense para garantir tarifas justas e investimentos.

Frente Parlamentar protocola ofício na ANTT, Ministério da Infraestrutura e Comissão de Transição solicitando discussão de novos parâmetros com a sociedade paranaense para garantir tarifas justas e investimentos.Créditos: Thais Faccio/Alep

Frente Parlamentar protocola ofício na ANTT, Ministério da Infraestrutura e Comissão de Transição solicitando discussão de novos parâmetros com a sociedade paranaense para garantir tarifas justas e investimentos.

A Frente Parlamentar sobre o Pedágio no Paraná da Assembleia Legislativa do Paraná solicitou formalmente, nesta quarta-feira (09), a suspensão imediata dos processos licitatórios para a concessão de rodovias no Estado. O pedido foi feito por meio de ofício encaminhado à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), ao Ministério da Infraestrutura e a Comissão de Transição do Governo Federal.

Em uma manifestação unânime, os deputados estaduais ressaltam as recomendações e inconsistências mostradas em relatórios e documentos produzidos pela área técnica e pelo plenário do Tribunal de Contas da União (TCU), além de apontamentos feitos pelo Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que assessora a Frente Parlamentar.

O coordenador da Frente, deputado Arilson Chiorato (PT), explica que as determinações e recomendações feitas pelo TCU para ANTT devem ser publicizadas em uma nova audiência pública oficial. “Também tem que ser ouvido o novo Governo, que tem proposta diferente para as concessões rodoviárias”, afirma.

SONORA ARILSON CHIORATO

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) reforça a posição da Frente da necessidade de revisão do projeto e da retirada de amarras que reduzem a competitividade da licitação e, por consequência, geram tarifas mais altas.

SONORA LUIZ CLAUDIO ROMANELLI

Para o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSD), o pedido da Frente Parlamentar é prudente, pois as tratativas devem ser realizadas com o novo Governo. Segundo ele, por mais que os dois lotes já autorizados para licitação tenham seus editais publicados, não haverá tempo hábil para finalizar o processo licitatório ainda na gestão do atual presidente.

SONORA ADEMAR TRAIANO

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação