Notícia

Arquivologia

08/05/2019 17:06 Por Vanderson Luiz
Curso mostra dinâmicas de arquivo e atualização do processo na ALEP

Qualificar servidores e público em geral interessado em adquirir conhecimento técnico, tem sido um dos pilares da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP). Por isso ela vem atuando nas mais diversas áreas que compõem o serviço público do Estado. Nesta quarta-feira (08), a manhã na Alep foi dedicada ao curso de Introdução à Arquivologia para a Administração Pública, ministrado por Gilberto Martins Ayres, graduado em Arquivologia pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Tecnologias para Educação pela Universidade Federal do Paraná.

Gilberto também é o responsável pelo setor de arquivo da Alep, que está passando por um processo de modernização. “A Assembleia já está adotando a virtualização de documentos e hoje temos mais de cinco mil cadastros nos padrões arquivísticos”, conta. O especialista trata a arquivologia com muito carinho, demonstra orgulho ao falar da profissão e da sua importância em todos os setores públicos. “A Arquivologia é uma ciência auxiliar do Direito e da História, ela está presente na vida das pessoas mais do que se imagina e precisamos destacar a sua importância”.

No primeiro módulo do curso o preletor passou aos presentes uma conceituação básica da arquivologia como ciência da informação que trata o registro, a organização e a difusão da memória das atividades humanas, em especial as coletivas, realizadas por entidades públicas e privadas no cumprimento de suas funções, como fazer diagnóstico para a identificação do ciclo de vida dos documentos: classificação, avaliação e destinação de arquivos correntes, intermediários e permanentes.

Economia – Um segundo módulo será realizado na próxima quarta-feira (15), novamente no Auditório Legislativo da Alep, tratando da gestão de documentos: gerenciamento da informação arquivística; centralização, organização e administração dos arquivos correntes e intermediários; e estudos de casos com demonstrações práticas; noções de gestão documentos para instituições públicas, arranjo, descrição, avaliação e destinação final dos documentos físicos; preparo da instituição para a virtualização de seus arquivos e processos documentais para o meio digital e sua conservação em repositório digital confiável.

A Assembleia Legislativa, destacou Gilberto, já está passando por um processo de virtualização de seus documentos. “E isso traz benefícios para todos, porque irá desburocratizar os serviços, melhor atender ao cidadão, além da economia financeira e de espaço físico. Todo o processo está sendo realizado seguindo as normas adequadas e estamos mostrando isso aos participantes do nosso curso”. A proposta do Departamento de Arquivos da Alep é realizar oficinas para mostrar na prática todo o processo do arquivo e os detalhes serão anunciados no encerramento do segundo módulo.

*As inscrições para a última etapa, do dia 15, são limitadas a 50 vagas e podem ser feitas no site:www.alep.pr.gov.br/escoladolegislativo/cursos.

Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação