Notícia

Escola do Legislativo participa de Ciclo de Capacitação para Cidadania

21/03/2019 às 19h34 > atualizado em 22/03/2019 às 16h36 Por Vanderson Luiz
Dylliardi Alessi, diretor da Escola do Legislativo da Alep, foi um dos palestrantes no Ciclo de Capacitação para Cidadania / Foto: Vanderson Luiz/Alep

Dylliardi Alessi, diretor da Escola do Legislativo da Alep, foi um dos palestrantes no Ciclo de Capacitação para Cidadania / Foto: Vanderson Luiz/Alep

A Uvepar (União de Câmaras, Vereadores e Gestores Públicos do Paraná), em parceria com a Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), Iprades (Instituto Paranaense de Direito Eleitoral) e TRE (Tribunal Regional Eleitoral) iniciou por Guarapuava o 1º Ciclo de Capacitação para Cidadania. O evento será realizado em todas as regiões do Estado, envolvendo vereadores, prefeitos, secretários municipais e servidores.

O diretor Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná e da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi, foi um dos palestrantes do evento, e tratou de dois temas: os cinco passos para a criação de leis e projetos da Assembleia Legislativa para capacitação e cidadania. O objetivo, segundo Dylliardi, é aproximar cada vez mais a Assembleia dos legislativos municipais e executivos também no interior do Estado, levando conhecimento e capacitação a gestores públicos para que possam prestar melhores serviços à sociedade. “A Assembleia Legislativa quer passar informações para os vereadores, assessores, tanto das Câmaras quanto das prefeituras. Nossa ideia é integrar, interiorizar e levar conhecimento, para que possamos ter um legislativo mais forte. Conhecimento é sempre muito importante em qualquer área e no Legislativo, no ambiente público, é extremamente relevante. E Assembleia Legislativa tem know how, tem uma assessoria técnica competente e qualificada e nós queremos compartilhar o conhecimento, queremos um vereador mais qualificado, um servidor mais qualificado, porque na ponta quem ganha é o cidadão. Servidor melhor qualificado vai produzir um resultado melhor para o cidadão”, explanou.

Durante a palestra, Dylliardi também apresentou alguns projetos que são desenvolvidos na Assembleia Legislativa do Paraná pela Escola do Legislativo e pela Diretoria de Comunicação. Um deles é o aplicativo “Agora é Lei no Paraná”, que reúne 270 leis que tratam do direito do consumidor. O projeto foi reconhecido, inclusive pelo Ministério do Planejamento e pela Associação Brasileira de Entidades de Tecnologia da Informação. O aplicativo foi desenvolvido pela diretoria de Comunicação da Alep, com custo zero aos cofres públicos.

Geração Atitude – O diretor também destacou o projeto Geração Atitude, que abrange todas as escolas públicas do Paraná e premia os melhores alunos com excursão a Curitiba para conhecer de perto as atividades da Assembleia Legislativa do Paraná, governo do Estado, Tribunal de Justiça e Ministério Público. “O Geração atitude, por exemplo, é um programa que está no interior do Paraná e com intensa mobilização das escolas. Todos os alunos da rede pública podem participar e queremos divulgar cada vez mais para que os municípios do interior possam estar presentes nas atividades da assembleia, o que para nós é muito importante”.

Dylliardi destacou ainda o projeto Parlamento Universitário, em parceria com universidades paranaenses, onde acadêmicos se transformam em deputados durante duas semanas e vivem todas as atividades do parlamento, inclusive com a produção de projetos de lei. O projeto da Escola do Legislativo ganhou no ano passado o prêmio Cultural Abel, na categoria Comunidade, concedido pela Associação Brasileira das Escolas dos Legislativos e de Contas, como melhor projeto educacional desenvolvido por uma Assembleia Legislativa no Brasil.

Ele finalizou contando um pouco mais sobre o projeto Assembleia no Enem, que transforma o plenário da Casa de Leis em uma grande sala de aula para alunos do Ensino Médio que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio e também com aulas disponibilizadas em vídeos na internet. “São projetos voltados para a sociedade, para levar conhecimento, para destacar o papel cidadão da Assembleia Legislativa do Paraná”.

Parcerias – O presidente da Uvepar, Julio César Makuch, destacou a importância da presença da Assembleia Legislativa do Paraná, por meio da Escola do Legislativo, em eventos no interior do Estado. “A Escola Legislativa do Paraná hoje é modelo no país. A gente tem visto a escola ser uma referência, comentada em todo o país, porque tem muito conteúdo e ela tem condições de levar conhecimento de forma técnica e mais eficiente para todos os municípios. E hoje, com essa parceria nós levamos o trabalho da Assembleia como instituição para mais próximo dos municípios, compartilhando conhecimento, divulgando projetos que atendem de forma muito dinâmica o cidadão paranaense”.

Já Frederico Almeida, coordenador da Escola do Judiciário Eleitoral, que também foi um dos palestrantes do evento, destacou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná tem interesse em aprofundar parceria com a Escola do Legislativo da Assembleia, porque ambas têm objetivos semelhantes, de levar conhecimento e participar da formação cidadã da população. “A Escola do Judiciário Eleitoral já tem uma gama de atividades e a intenção é sempre crescer em seus movimentos, fazer parcerias interessantes para prestar serviços à sociedade, que é isso faz parte das metas do judiciário e temos total interesse em criar atividades com outras entidades, como a Assembleia Legislativa do Paraná, e levar esses projetos aos municípios do Paraná”.