Guto Silva recebe embaixadores e expressa preocupação com embargo europeu à carne de frango brasileira O 1º vice-presidente da Alep disse que os paranaenses esperam que se chegue o quanto antes a uma solução satisfatória para as duas partes.

03/05/2018 19h05 | por Sandra C. Pacheco
Comitiva de embaixadores da União Europeia é recebida pelo 1º vice-presidente da Alep, deputado Guto Silva (PSD).

Comitiva de embaixadores da União Europeia é recebida pelo 1º vice-presidente da Alep, deputado Guto Silva (PSD).Créditos: Nani Gois/Alep

Comitiva de embaixadores da União Europeia é recebida pelo 1º vice-presidente da Alep, deputado Guto Silva (PSD).

A comitiva de embaixadores da União Europeia que está em visita técnica ao Paraná para prospectar oportunidades de incrementar as relações econômicas, culturais e sociais com o estado fez na manhã desta quinta-feira (3) uma visita à Assembleia Legislativa, onde foi recebida pelo 1º vice-presidente da Casa, deputado Guto Silva (PSD). Relator da Comissão Especial criada no Legislativo para tratar do embargo europeu à carne de frango brasileira, o deputado aproveitou a oportunidade para externar a sua expectativa de que se chegue o quanto antes a uma solução que atenda as duas partes.

Depois de expor as condições econômicas, administrativas e fiscais diferenciadas do Paraná, além de dispor de uma boa infraestrutura e de um dos principais portos do País, Guto Silva referiu-se à pujança de sua agricultura e às potencialidades a serem desenvolvidas em futuras parcerias com a UE. Mas aproveitou a ocasião para expressar a preocupação do Parlamento estadual com a medida restritiva à exportação da carne de frango, uma vez que a produção representa um dos setores mais significativos da economia local. Destacou também os efeitos do embargo, principalmente sobre os pequenos produtores e a agricultura familiar.

O embaixador João Gomes Cravinho, chefe da delegação, admitiu a boa qualidade da carne produzida no Brasil, mas insistiu na necessidade de aperfeiçoamento das normas sanitárias que regem a produção. Segundo ele, fatos recentes envolvendo denúncias contra vários frigoríficos brasileiros representaram um abalo na confiança dos importadores europeus, e essa confiança terá que ser reconstruída, o que implica na superação das deficiências. Encerrou o assunto dizendo que as tratativas estão sendo feitas entre Brasília e Bruxelas.

Referindo-se aos sólidos laços entre paranaenses e europeus, fruto do grande fluxo migratório que influiu na constituição da população e da cultura regionais, Cravinho manifestou esperança de que as relações comerciais, sociais e culturais entre o Brasil e a CE se ampliem e consolidem.

O ex-deputado Stephanes Junior (PSB) acompanhou a visita dos vinte embaixadores à Assembleia. Além de Cravinho, participaram do evento os embaixadores Irene Giner-Reichl (Áustria), Dirk Loncke (Bélgica), Valeri Yotov (Bulgária), Haralambos Kafkarides (Chipre), Zeljko Vukosav (Croácia), Kim Hojlund Christensen (Dinamarca), Milan Cigán (Eslováquia), Alain Brian Bergant (Eslovênia), Fernando Maria Villalonga Campos (Espanha), Markku Virri (Finlândia), Ioannis Pediotis (Grécia), Brian Glynn (Irlanda), Antonio Bernardini (Itália), Carlo Krieger (Luxemburgo), Vijay Rangarajan (Reino Unido), Stefan Mera (Romênia), Per-Arne Hjelmborn (Suécia), a cônsul-geral da Lituânia, Laura Tupe, e a encarregada de negócios da Polônia, Marta Olkowska.

Ouça o Podcast relacionado

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação