Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

10/07/2019 às 16h18 > atualizado em 10/07/2019 às 16h36

Presidente Traiano se reúne com o comando de greve em busca de uma solução sobre a data-base

Por Jaime S. Martins / Kharina Guimarães

Conforme havia anunciado durante a entrevista coletiva antes da sessão plenária (ler matéria no site), o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Ademar Traiano (PSDB), juntamente com outros deputados estaduais, se reuniu, no gabinete da Presidência, com representantes do Fórum Estadual dos Servidores Públicos (FES) e sindicados dos servidores estaduais em greve reivindicando o pagamento da data-base.

O objetivo era ouvir, novamente, os manifestantes e tentar mediar um acordo entre os servidores em greve e o Governo do Estado a fim de acabar com a paralisação das categorias. “Volto a repetir. O trabalho da Assembleia e dos deputados é fundamental para tentarmos resolver esse impasse e encontrarmos uma solução para que a greve acabe e todas as partes fiquem satisfeitas. Estamos em busca desse entendimento”, disse Traiano.

Para a coordenadora do Fórum das Entidades Sindicais do Paraná (FES), Marlei Fernandes, a reunião com os parlamentares foi muito importante, já que conta com o apoio do presidente da Casa e demais deputados. “O processo de negociação ele nunca é tranquilo, mas tem um esforço grande da Assembleia, com o presidente da Casa e demais deputados, em ajudar a resolver os demais itens da pauta para que a gente possa chegar a um consenso”, relatou.

Segundo Marlei a questão da data-base ainda é o ponto mais difícil da negociação. “Ainda é um parâmetro muito difícil, o Governo continua trabalhando com os 2% em janeiro. Agora vamos submeter todas as ações aos comandos de greve para avaliar”. Sobre o papel do Legislativo nessa intermediação, disse que é algo válido. “Sempre colabora, sempre quando temos mediadores em todo o processo que tem impasse eles sempre são importantes. A iniciativa da Assembleia Legislativa, mais uma vez, foi importante para a nossa greve”, concluiu Marlei.

Participaram da reunião, além do presidente Traiano, o primeiro-secretário da Alep Romanelli (PSB), o segundo-secretário da Alep Gilson de Souza (PSC), o líder do Governo Hussein Bakri(PSD), e os deputados Nelson Justus (DEM), Nelson Luersen (PDT), Evandro Araújo (PSC), Professor Lemos (PT), Tercílio Turini (PPS), Luciana Rafagnin (PT), Arilson Chiorato (PT), Marcel Micheletto (PR), Do Carmo (PSL), Delegado Fernando (PSL), Delegado Recalcatti (PSD), Artagão Júnior (PSB), Paulo Litro (PSDB) e Galo (PODE).