Especialista explica mudanças Na Previdência após reformas Palestra foi a primeira de uma série organizada pela Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná.

08/10/2020 15h33 | por Vanderson Luiz
Melissa Folmann falou sobre diversos assuntos que ainda geram dúvidas no regime previdenciário estadual.

Melissa Folmann falou sobre diversos assuntos que ainda geram dúvidas no regime previdenciário estadual.Créditos: Reprodução

Melissa Folmann falou sobre diversos assuntos que ainda geram dúvidas no regime previdenciário estadual.

Érico Sanchez destacou a parceria entre Assembleia Legislativa e EsmafeCréditos: Reprodução

Érico Sanchez destacou a parceria entre Assembleia Legislativa e Esmafe

A Reforma da Previdência no Paraná foi tema de palestra exibida ao vivo pela TV Assembleia nesta quinta-feira (08), resultado de uma parceria da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná com a Escola da Magistratura Federal do Paraná (Esmafe), que trará mais dois eventos semelhantes nos dias 22 de outubro e 5 de novembro, acordando Direito Animal e Neurociência, respectivamente.

Sobre a parceria das duas instituições, o vice-diretor da Esmafe, Érico Sanches, agradeceu ao presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB), e ao primeiro secretário, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), e destacou a importância das palestras, que vão “compartilhar conhecimento e abordar áreas que tocam em problemas do nosso dia a dia”. A Reforma da Previdência, segundo ele, é “um exemplo disso, pois muitos questionamentos ainda são feitos. As pessoas sabem que houve mudanças, mas ainda não sabem exatamente como isso irá afetar a sua vida. O evento desta quinta-feira vem trazer luz para esse tema”.

A coordenadora Pedagógica da Escola do Legislativo, Roberta Picussa, intermediou o debate e enalteceu a importância da parceria para esclarecer dúvidas que ainda restam sobre os temas que serão debatidos durante a série de palestras.

A conferente do dia, advogada Melissa Folmann, tem um extenso currículo no Direito Previdenciário e é considerada uma das principais especialistas do assunto no País.

Ela focou o debate no funcionalismo público e procurou esclarecer os pontos que causam maior controvérsia e o que mudou na legislação a partir das mudanças promovidas.

De início, Melissa destacou que para compreender os efeitos da Reforma da Previdência no Paraná é necessário analisar o que se passou no cenário nacional. Em uma rápida retrospectiva, ela explicou que em novembro de 2019 o Governo Federal publicou a Emenda Constitucional 103 e, no artigo 36, de forma expressa, determinou que Estados, Municípios e o Distrito Federal deveriam promover mudanças no sistema previdenciário do funcionalismo público, seguindo a atualização da legislação federal. Outra determinação, disposta no artigo 40, inciso 3º desta emenda, é de que os entes federados aprovem em lei complementar a regulamentação da Previdência Complementar dos servidores.

“O Estado do Paraná, atendendo muito bem às disposições da determinação federal, procedeu a publicação da Emenda Constitucional 45/2019, intitulada de Reforma da Previdência do Estado do Paraná, publicada no dia 5 de dezembro do ano passado, e trouxe para o cenário local o que determinou o Governo Federal”, explicou. Agora, para completar a adequação à Constituição Federal, tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Complementar 5/2020 que regulamenta o regime próprio da previdência social no Estado. “Basicamente, as regras para pensão e aposentadoria dispostas neste PLC seguem o que determina as constituições Federal e Estadual”, sinalizou.

Direito adquirido? - Um dos principais questionamentos é sobre como os servidores efetivos serão afetados no Estado. Basicamente, quem foi nomeado no serviço público após a Reforma da Previdência terá um teto máximo, igual ao do Regime Geral da Previdência, e para complementar a renda, ou seja, ter uma aposentadoria com valores maiores, deverá aderir ao programa complementar que será regulamentado.

Já os servidores que estavam inseridos no sistema previdenciário antes da reforma, são divididos em dois grupos: os que tomaram posse até 31 de dezembro de 2003 e os que ingressaram no serviço público após esta data até a reforma da previdência.

O primeiro grupo tem direito a paridade e integralidade, ou seja, o direito de se aposentar recebendo a última remuneração sobre as quais incidam contribuição previdenciária.

O segundo, a partir de 2004 até a data da reforma, tem um caminho um pouco mais longo a percorrer, sem integralidade e paridade. “E não foi a Reforma Previdenciária que tirou isso. Foi uma emenda constitucional aprovada em 2003, que determinou a aposentadoria dessas pessoas com 100% da média de remuneração sobre as quais incidiam contribuição previdenciária, mas observando aí as regras de pedágio”. Neste caso, além da idade, também se observa o tempo de contribuição e o tempo de serviço público. Uma dica da especialista para quem deseja calcular o tempo que ainda resta para ter acesso ao benefício é utilizar os simuladores virtuais, como o disponibilizado pela Paraná Previdência.

Mas e o direito adquirido? A principal questão, segundo Melissa Folmann, é que não existe direito adquirido a benefício previdenciário, exceto àquelas que já haviam completado todos os requisitos antes da reforma. “Há uma diferença entre direito adquirido e expectativa de direito. O Supremo Tribunal Federal, em várias discussões entendeu que não existe proteção à expectativa de direito no sistema jurídico brasileiro”. Esse segundo grupo, portanto, deve obedecer às regras de transição em matéria de aposentadoria programável.

Melissa também enfatizou dois pontos: servidores comissionados e contratados por Processo Seletivo Simplificado (PSS) seguem as regras do regime geral da Previdência. “E o segundo é que muitas pessoas pensam que detentores de cargos no Poder Judiciário, Ministério Público ou Magistratura não foram afetadas pela reforma, mas a verdade é que foram, como qualquer outro servidor público”.

Quem perdeu a palestra da especialista ou ficou com alguma dúvida, pode acessar o vídeo no youtube da TV Assembleia no seguinte endereço eletrônico: https://youtu.be/GqhWXGwVmHk.

Próximos eventos - A parceria Escola do Legislativo e Esmafe prossegue no próximo dia 22 de outubro, a partir das 9h30, novamente com transmissão ao vivo da TV Assembleia, no canal aberto 10.2 ou canal 16 (Net/Claro), além das redes sociais do Legislativo. O Juiz Federal Vicente de Paula Ataíde Júnior abordará sobre os avanços legislativos e jurisprudenciais em direito animal.

Já no dia 05 de novembro, no mesmo horário e nos mesmos canais, o tema será “As aplicações das neurociências nas políticas públicas”, sob o comando do professor e neurocientista Matheus Milan.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação
abrir página Fechar Voltar
  • Abatiá
  • Agudos do Sul
  • Almirante Tamandaré
  • Altamira do Paraná
  • Alto Paraíso
  • Alto Paraná
  • Alto Piquiri
  • Alvorado do Sul
  • Amaporã
  • Anahy
  • Andirá
  • Antonina
  • Antônio Olinto
  • Arapongas
  • Arapoti
  • Arapuã
  • Araruna
  • Ariranha do Ivaí
  • Assis Chateaubriand
  • Astorga
  • Atalaia
  • Bandeirantes
  • Barbosa Ferraz
  • Barra do Jacaré
  • Barracão
  • Bela Vista da Caroba
  • Bela Vista do Paraíso
  • Bituruna
  • Boa Esperança
  • Boa Esperança do Iguaçu
  • Boa Ventura do São Roque
  • Boa Vista da Aparecida
  • Bom Jesus do Sul
  • Bom Sucesso do Sul
  • Bom Sucesso
  • Borrazópolis
  • Braganey
  • Brasilândia do Sul
  • Cafeara
  • Cafelândia
  • Califórnia
  • Cambará
  • Cambé
  • Cambira
  • Campina da Lagoa
  • Campina do Simão
  • Campo Bonito
  • Campo Largo
  • Campo Magro
  • Campo Mourão
  • Cândido de Abreu
  • Candói
  • Cantagalo
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques
  • Carambeí
  • Carlópolis
  • Cascavel
  • Centenário do Sul
  • Cerro Azul
  • Céu Azul
  • Chopinzinho
  • Cianorte
  • Cidade Gaúcha
  • Clevelândia
  • Colorado
  • Congoinhas
  • Conselheiro Mairinck
  • Contenda
  • Corbélia
  • Cornélio Procópio
  • Coronel Domingos Soares
  • Coronel Vivida
  • Corumbataí do Sul
  • Cruz Machado
  • Cruzeiro do Iguaçu
  • Cruzeiro do Oeste
  • Cruzeiro do Sul
  • Cruzmaltina
  • Curiúva
  • Diamante D’Oeste
  • Diamante do Norte
  • Diamante do Sul
  • Dois Vizinhos
  • Douradina
  • Doutor Camargo
  • Doutor Ulysses
  • Enéas Marques
  • Engenheiro Beltrão
  • Espigão Alto do Iguaçu
  • Esperança Nova
  • Farol
  • Faxinal
  • Fazenda Rio Grande
  • Fênix
  • Fernandes Pinheiro
  • Flor da Serra do Sul
  • Floraí
  • Florestópolis
  • Flórida
  • Formosa do Oeste
  • Foz do Iguaçu
  • Foz do Jordão
  • Francisco Alves
  • Francisco Beltrão
  • General Carneiro
  • Godoy Moreira
  • Goioerê
  • Goioxim
  • Grandes Rios
  • Guaíra
  • Guairaçá
  • Guamiranga
  • Guapirama
  • Guaporema
  • Guaraci
  • Guaraniaçu
  • Guarapuava
  • Guaraqueçaba
  • Guaratuba
  • Honório Serpa
  • Ibaiti
  • Ibiporã
  • Icaraíma
  • Iguaraçu
  • Imbaú
  • Imbituva
  • Inácio Martins
  • Inajá
  • Indianópolis
  • Ipiranga
  • Iporã
  • Irati
  • Iretama
  • Itaipulândia
  • Itambaracá
  • Itambé
  • Itapejara D’Oeste
  • Itaperuçu
  • Ivaiporã
  • Ivatuba
  • Jaboti
  • Jacarezinho
  • Jaguariaíva
  • Jandaia do Sul
  • Janiópolis
  • Japira
  • Japurá
  • Jardim Alegre
  • Jataizinho
  • Jesuítas
  • Joaquim Távora
  • Jundiaí do Sul
  • Juranda
  • Jussara
  • Kaloré
  • Lapa
  • Laranjal
  • Laranjeiras do Sul
  • Leópolis
  • Lidianópolis
  • Lindoeste
  • Loanda
  • Lobato
  • Londrina
  • Luiziana
  • Lunardelli
  • Lupionópolis
  • Mallet
  • Mamborê
  • Mandaguari
  • Mandirituba
  • Manfrinópolis
  • Mangueirinha
  • Manoel Ribas
  • Maria Helena
  • Marialva
  • Marilândia do Sul
  • Marilena
  • Mariluz
  • Maringá
  • Mariópolis
  • Maripá
  • Marmeleiro
  • Marquinho
  • Matinhos
  • Mauá da Serra
  • Medianeira
  • Mercedes
  • Mirador
  • Miraselva
  • Moreira Sales
  • Morretes
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nova Aurora
  • Nova Cantu
  • Nova Esperança
  • Nova Esperança do Sudoeste
  • Nova Laranjeiras
  • Nova Londrina
  • Nova Olímpia
  • Nova Prata do Iguaçu
  • Nova Santa Bárbara
  • Nova Tebas
  • Novo Itacolomi
  • Ortigueira
  • Ortigueira
  • Ouro Verde do Oeste
  • Pinhais
  • Palmas
  • Palmeira
  • Palmital
  • Paraíso do Norte
  • Paranacity
  • Paranapoema
  • Paranavaí
  • Pato Branco
  • Paula Freitas
  • Paulo Frontin
  • Peabiru
  • Pérola D’Oeste
  • Pérola
  • Pinhal de São Bento
  • Pinhalão
  • Pinhão
  • Pirai do Sul
  • Piraquara
  • Pitanga
  • Ponta Grossa
  • Pontal do Paraná
  • Porecatu
  • Porto Barreiro
  • Porto Vitória
  • Prado Ferreira
  • Pranchita
  • Presidente Castelo Branco
  • Primeiro de Maio
  • Prudentópolis
  • Quarto Centenário
  • Quatiguá
  • Quatro Barras
  • Quedas do Iguaçu
  • Querência do Norte
  • Quinta do Sol
  • Quitandinha
  • Ramilândia
  • Rancho Alegre
  • Realeza
  • Rebouças
  • Renascença
  • Reserva do Iguaçu
  • Ribeirão Claro
  • Ribeirão do Pinhal
  • Rio Azul
  • Rio Bonito do Iguaçu
  • Rio Branco do Ivaí
  • Rio Negro
  • Rolândia
  • Roncador
  • Rondon
  • Sabáudia
  • Salgado Filho
  • Salto do Itararé
  • Salto do Lontra
  • Santa Cecília do Pavão
  • Santa Fé
  • Santa Helena
  • Santa Izabel do Oeste
  • Santa Lúcia
  • Santa Maria do Oeste
  • Santa Mariana
  • Santa Mônica
  • Santa Tereza do Oeste
  • Santa Terezinha de Itaipu
  • Santana do Itararé
  • Santo Antonio do Caiuá
  • Santo Antonio do Paraíso
  • Santo Antônio da Platina
  • Santo Inácio
  • São Carlos do Ivaí
  • São Jerônimo da Serra
  • São João do Caiuá
  • São João do Ivaí
  • São João do Triunfo
  • São João
  • São Jorge D’Oeste
  • São Jorge do Patrocínio
  • São José da Boa Vista
  • São José das Palmeiras
  • São Manoel do Paraná
  • São Mateus do Sul
  • São Pedro do Iguaçu
  • São Pedro do Ivaí
  • São Sebastião da Amoreira
  • São Tomé
  • Sapopema
  • Sarandi
  • Saudade do Iguaçu
  • Sengés
  • Sertaneja
  • Serranópolis do Iguaçu
  • Siqueira Campos
  • Sulina
  • Tamarana
  • Tamboara
  • Tapejara
  • Tapira
  • Teixeira Soares
  • Telêmaco Borba
  • Terra Rica
  • Tibagi
  • Tijucas do Sul
  • Toledo
  • Tomazina
  • Três Barras do Paraná
  • Tunas do Paraná
  • Tuneiras do Oeste
  • Tupãssi
  • Turvo
  • Ubiratã
  • Umuarama
  • União da Vitória
  • Uniflor
  • Uraí
  • Ventania
  • Vera Cruz do Oeste
  • Virmond
  • Wenceslau Braz
  • Xambrê
Assembleia decreta calamidade pública em 329 municípios veja no mapa