Léo de Almeida Neves: da Assembleia para importantes cargos da esfera federal Líder trabalhista com destaque nacional, o ex-deputado é também autor de diversos livros, que o levaram inclusive à Academia Paranaense de Letras.

09/09/2018 10h00 | por Sandra C. Pacheco

Créditos: Arte: Lucas Lambertucci / Alep


Importante liderança trabalhista do estado, Léo de Almeida Neves nasceu em Ponta Grossa, em 22 de março de 1932. Lá fez seus primeiros estudos, transferindo-se depois para Curitiba, onde estudou no Colégio Estadual do Paraná. Antes mesmo de formar-se em Ciências Econômicas e em Direito, foi oficial de gabinete da Secretaria de Estado do Trabalho e Assistência Social. Participou ativamente do movimento estudantil e iniciou sua carreira política filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Candidatou-se a uma cadeira na Assembleia Legislativa em 1958, ficando com a suplência. Assumiu a vaga no ano seguinte, ficando até 1961, quando assumiu a Carteira de Crédito Agrícola e Industrial do Banco do Brasil. Em 1962 integrou a delegação brasileira ao Congresso de Bancos de Crédito Agrícola da América Latina e participou, como observador do Banco do Brasil, da Conferência de Governadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), ambos realizados em Buenos Aires. Membro de diversos conselhos, entre eles o deliberativo do Grupo Executivo de Racionalização da Cafeicultura e o administrativo do Grupo Executivo de Crédito Rural, voltou a participar de outros eventos internacionais como observador do Banco do Brasil.

No MDB – Com a extinção das antigas legendas pelo Ato Institucional nº 2, em 1965, filiou-se ao MDB, partido de oposição ao regime militar. Candidato a deputado federal em 1966, foi o deputado mais votado da legenda no Paraná. Na Câmara integrou a Comissão de Fiscalização Financeira e de Tomada de Contas, além das comissões mistas do Café e de Relações Exteriores. Presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a Companhia Nacional de Álcalis e foi vice-presidente da CPI que investigou a transferência de empregos nacionais para grupos estrangeiros.

Participou também da CPI da Energia Nuclear e da que investigou o fechamento da Fábrica Nacional de Motores. Defendeu o restabelecimento da UNE e apresentou mais de 100 requerimentos de informações sobre atos do Poder Executivo. Também foi o principal articulador no Paraná da Frente Ampla, movimento liderado pelo ex-governador da Guanabara, Carlos Lacerda, com apoio dos ex-presidentes da República Juscelino Kubistchek e João Goulart, ainda durante o período da ditadura. Em 1968 teve o mandato cassado com base no AI-5, e os direitos políticos suspensos por 10 anos.

Após o fim do bipartidarismo, em 1979, filiou-se ao PMDB, sucessor do MDB, e concorreu a uma cadeira na Câmara Federal no pleito de novembro de 1982, obtendo uma suplência. Foi presidente do Banco do Estado do Paraná na gestão do governador José Richa. Exerceu ainda os cargos de superintendente do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) em 1987, e de diretor de Produção do Instituto Brasileiro do Café (IBC), além de procurador federal, atuando no Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social.

Em 1990 foi o segundo-suplente do senador José Eduardo de Andrade Vieira, lançado pela coligação PTB/PDS e outras duas legendas menores, exercendo o mandato de maio a dezembro de 1995. Em 1994 seu nome foi indicado também para a suplência do senador Roberto Requião ao Senado. Atuou ainda como jornalista no Diário do Paraná, no Jornal dos Trabalhadores e no Trabalhismo em Marcha. Foi secretario do Sindicato de Jornalistas Profissionais do Paraná e assessor da presidência da Companhia Cacique de Café Solúvel, empresa que teve origem em Londrina. Foi também um dos líderes do movimento Reage Brasil contra a privatização da Companhia Vale do Rio Doce, em 1997 e, em 2001, contra a privatização da Copel. Nos anos seguintes estabeleceu-se em São Paulo, como empresário do setor de agronegócios.

Tomou posse na Academia Paranaense de Letras em 2006. Além de artigos para diversos jornais, publicou vários trabalhos, entre eles, “Destino do Brasil: potência mundial – a era Vargas continua”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação
abrir página Fechar Voltar
  • Abatiá
  • Agudos do Sul
  • Almirante Tamandaré
  • Altamira do Paraná
  • Alto Paraíso
  • Alto Paraná
  • Alto Piquiri
  • Alvorado do Sul
  • Amaporã
  • Anahy
  • Andirá
  • Antonina
  • Antônio Olinto
  • Arapongas
  • Arapoti
  • Arapuã
  • Araruna
  • Ariranha do Ivaí
  • Assis Chateaubriand
  • Astorga
  • Atalaia
  • Bandeirantes
  • Barbosa Ferraz
  • Barra do Jacaré
  • Barracão
  • Bela Vista da Caroba
  • Bela Vista do Paraíso
  • Bituruna
  • Boa Esperança
  • Boa Esperança do Iguaçu
  • Boa Ventura do São Roque
  • Boa Vista da Aparecida
  • Bom Jesus do Sul
  • Bom Sucesso do Sul
  • Bom Sucesso
  • Borrazópolis
  • Braganey
  • Brasilândia do Sul
  • Cafeara
  • Cafelândia
  • Califórnia
  • Cambará
  • Cambé
  • Cambira
  • Campina da Lagoa
  • Campina do Simão
  • Campo Bonito
  • Campo Largo
  • Campo Magro
  • Campo Mourão
  • Cândido de Abreu
  • Candói
  • Cantagalo
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques
  • Carambeí
  • Carlópolis
  • Cascavel
  • Centenário do Sul
  • Cerro Azul
  • Céu Azul
  • Chopinzinho
  • Cianorte
  • Cidade Gaúcha
  • Clevelândia
  • Colorado
  • Congoinhas
  • Conselheiro Mairinck
  • Contenda
  • Corbélia
  • Cornélio Procópio
  • Coronel Domingos Soares
  • Coronel Vivida
  • Corumbataí do Sul
  • Cruz Machado
  • Cruzeiro do Iguaçu
  • Cruzeiro do Oeste
  • Cruzeiro do Sul
  • Cruzmaltina
  • Curiúva
  • Diamante D’Oeste
  • Diamante do Norte
  • Diamante do Sul
  • Dois Vizinhos
  • Douradina
  • Doutor Camargo
  • Doutor Ulysses
  • Enéas Marques
  • Engenheiro Beltrão
  • Espigão Alto do Iguaçu
  • Esperança Nova
  • Farol
  • Faxinal
  • Fazenda Rio Grande
  • Fênix
  • Fernandes Pinheiro
  • Flor da Serra do Sul
  • Floraí
  • Florestópolis
  • Flórida
  • Formosa do Oeste
  • Foz do Iguaçu
  • Foz do Jordão
  • Francisco Alves
  • Francisco Beltrão
  • General Carneiro
  • Godoy Moreira
  • Goioerê
  • Goioxim
  • Grandes Rios
  • Guaíra
  • Guairaçá
  • Guamiranga
  • Guapirama
  • Guaporema
  • Guaraci
  • Guaraniaçu
  • Guarapuava
  • Guaraqueçaba
  • Guaratuba
  • Honório Serpa
  • Ibaiti
  • Ibiporã
  • Icaraíma
  • Iguaraçu
  • Imbaú
  • Imbituva
  • Inácio Martins
  • Inajá
  • Indianópolis
  • Ipiranga
  • Iporã
  • Irati
  • Iretama
  • Itaipulândia
  • Itambaracá
  • Itambé
  • Itapejara D’Oeste
  • Itaperuçu
  • Ivaiporã
  • Ivatuba
  • Jaboti
  • Jacarezinho
  • Jaguariaíva
  • Jandaia do Sul
  • Janiópolis
  • Japira
  • Japurá
  • Jardim Alegre
  • Jataizinho
  • Jesuítas
  • Joaquim Távora
  • Jundiaí do Sul
  • Juranda
  • Jussara
  • Kaloré
  • Lapa
  • Laranjal
  • Laranjeiras do Sul
  • Leópolis
  • Lidianópolis
  • Lindoeste
  • Loanda
  • Lobato
  • Londrina
  • Luiziana
  • Lunardelli
  • Lupionópolis
  • Mallet
  • Mamborê
  • Mandaguari
  • Mandirituba
  • Manfrinópolis
  • Mangueirinha
  • Manoel Ribas
  • Maria Helena
  • Marialva
  • Marilândia do Sul
  • Marilena
  • Mariluz
  • Maringá
  • Mariópolis
  • Maripá
  • Marmeleiro
  • Marquinho
  • Matinhos
  • Mauá da Serra
  • Medianeira
  • Mercedes
  • Mirador
  • Miraselva
  • Moreira Sales
  • Morretes
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nova Aurora
  • Nova Cantu
  • Nova Esperança
  • Nova Esperança do Sudoeste
  • Nova Laranjeiras
  • Nova Londrina
  • Nova Olímpia
  • Nova Prata do Iguaçu
  • Nova Santa Bárbara
  • Nova Tebas
  • Novo Itacolomi
  • Ortigueira
  • Ortigueira
  • Ouro Verde do Oeste
  • Pinhais
  • Palmas
  • Palmeira
  • Palmital
  • Paraíso do Norte
  • Paranacity
  • Paranapoema
  • Paranavaí
  • Pato Branco
  • Paula Freitas
  • Paulo Frontin
  • Peabiru
  • Pérola D’Oeste
  • Pérola
  • Pinhal de São Bento
  • Pinhalão
  • Pinhão
  • Pirai do Sul
  • Piraquara
  • Pitanga
  • Ponta Grossa
  • Pontal do Paraná
  • Porecatu
  • Porto Barreiro
  • Porto Vitória
  • Prado Ferreira
  • Pranchita
  • Presidente Castelo Branco
  • Primeiro de Maio
  • Prudentópolis
  • Quarto Centenário
  • Quatiguá
  • Quatro Barras
  • Quedas do Iguaçu
  • Querência do Norte
  • Quinta do Sol
  • Quitandinha
  • Ramilândia
  • Rancho Alegre
  • Realeza
  • Rebouças
  • Renascença
  • Reserva do Iguaçu
  • Ribeirão Claro
  • Ribeirão do Pinhal
  • Rio Azul
  • Rio Bonito do Iguaçu
  • Rio Branco do Ivaí
  • Rio Negro
  • Rolândia
  • Roncador
  • Rondon
  • Sabáudia
  • Salgado Filho
  • Salto do Itararé
  • Salto do Lontra
  • Santa Cecília do Pavão
  • Santa Fé
  • Santa Helena
  • Santa Izabel do Oeste
  • Santa Lúcia
  • Santa Maria do Oeste
  • Santa Mariana
  • Santa Mônica
  • Santa Tereza do Oeste
  • Santa Terezinha de Itaipu
  • Santana do Itararé
  • Santo Antonio do Caiuá
  • Santo Antonio do Paraíso
  • Santo Antônio da Platina
  • Santo Inácio
  • São Carlos do Ivaí
  • São Jerônimo da Serra
  • São João do Caiuá
  • São João do Ivaí
  • São João do Triunfo
  • São João
  • São Jorge D’Oeste
  • São Jorge do Patrocínio
  • São José da Boa Vista
  • São José das Palmeiras
  • São Manoel do Paraná
  • São Mateus do Sul
  • São Pedro do Iguaçu
  • São Pedro do Ivaí
  • São Sebastião da Amoreira
  • São Tomé
  • Sapopema
  • Sarandi
  • Saudade do Iguaçu
  • Sengés
  • Sertaneja
  • Serranópolis do Iguaçu
  • Siqueira Campos
  • Sulina
  • Tamarana
  • Tamboara
  • Tapejara
  • Tapira
  • Teixeira Soares
  • Telêmaco Borba
  • Terra Rica
  • Tibagi
  • Tijucas do Sul
  • Toledo
  • Tomazina
  • Três Barras do Paraná
  • Tunas do Paraná
  • Tuneiras do Oeste
  • Tupãssi
  • Turvo
  • Ubiratã
  • Umuarama
  • União da Vitória
  • Uniflor
  • Uraí
  • Ventania
  • Vera Cruz do Oeste
  • Virmond
  • Wenceslau Braz
  • Xambrê
Assembleia decreta calamidade pública em 329 municípios veja no mapa