Assembleia Legislativa destina R$ 1,5 milhão para garantir acesso de universitários às aulas remotas Recursos serão utilizados para a compra de equipamentos que serão emprestados para os estudantes realizarem as atividades acadêmicas.

22/07/2020 12h28 | por Kharina Guimarães
Assembleia realiza repasse para universidades estaduais

Assembleia realiza repasse para universidades estaduaisCréditos: Dálie Felberg/Alep

Assembleia realiza repasse para universidades estaduais

A Assembleia Legislativa do Paraná vai destinar R$ 1,5 milhão para a compra de equipamentos que permitirão aos alunos das universidades estaduais acesso às aulas online. O anúncio foi feito pelo presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB), e pelo primeiro secretário, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), na sessão plenária remota desta quarta-feira (22).

O superintendente-geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo do Paraná, Aldo Bona, apresentou aos deputados um levantamento com o quantitativo de universitários que enfrentam dificuldades para acompanhar as aulas online devido à falta de equipamentos e conexão adequada. “Nós acordamos com o governador que nós vamos repassar para a Secretaria da Fazenda R$ 1,5 milhão para que as universidades possam comprar esses equipamentos e permitir que os alunos, na sua totalidade, possam estudar online. É mais um gesto da Assembleia Legislativa de apoio aos paranaenses com a devolução de recursos oriundos da nossa economia”, anunciou Traiano.

Romanelli explicou que os equipamentos adquiridos pelas universidades serão emprestados aos universitários pelo período necessário “Os equipamentos não serão doados aos alunos. Eles ficarão nas bibliotecas das universidades e o aluno que não tiver o equipamento poderá fazer o empréstimo para utilização desses equipamentos enquanto necessitar. É uma forma de ajudar a voltar essa nova normalidade que é a aula não presencial enquanto dura esse período de pandemia”, disse. "O objetivo é garantir a todos os estudantes das universidades o acesso à internet. A maioria dos estudantes tem os equipamentos, já uma parcela oriunda das famílias mais pobres não possui esse equipamento. Estamos atendendo uma demanda que as universidades trouxeram ao Poder Legislativo, através da Superintendência, e vamos repassar esse valor para que seja feita a aquisição desses equipamentos. As universidades colocarão esses equipamentos disponíveis para os estudantes que precisam e efetivamente conseguiremos fazer com que o princípio da igualdade seja efetivo", completou.

A Universidade Estadual de Londrina, que adotou as aulas online há quase um mês, ficará responsável por fazer a gestão da compra e a distribuição dos equipamentos conforme a demanda de cada universidade estadual. A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) iniciou as aulas virtuais na última segunda-feira e a Unicentro anunciou o início das aulas virtuais para o próximo dia 29. A Unespar também mantém atividades acadêmicas online.

A presidente da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público e reitora da Universidade do Norte do Paraná (UENP), Fátima Aparecida da Cruz Padoan, disse que a ajuda às universidades é uma boa medida. Ela cita como exemplo a UENP, que desde o mês de março se preparou para o regime especial de aulas e atendimento aos acadêmicos durante a pandemia. Segundo ela, em torno de 900 alunos da instituição têm problemas com a falta de equipamento ou de conexão. "Essa possibilidade vai permitir a inclusão digital. Estudamos como metodologia atender as cotas sociais da instituição. Entendo que esses alunos devem ser atendidos primeiro, até atingir os demais estudantes dentro da possibilidade da universidade".

Ouça o Podcast relacionado

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação