Experiência é o grande prêmio da Caravana da Cidadania Nesta quarta-feira (20) os 32 selecionados do projeto Geração Atitude conheceram as instalações dos Poderes Judiciário e Executivo, além do Museu Oscar Niemeyer.

20/11/2019 17h36 | por Thiago Alonso / Trajano Budola
Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo do Paraná.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Museu Oscar Niemeyer e visitam as exposições em cartaz.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Tribunal de Justiça do Paraná.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Tribunal de Justiça do Paraná.

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Tribunal de Justiça do Paraná.Créditos: Kleyton Presidente/Assembleia

Estudantes do projeto Geração Atitude conhecem o Tribunal de Justiça do Paraná.

O projeto de lei da estudante Ariane Dias Grego não venceu o Geração Atitude 2019, assim como as propostas de outros alunos selecionados para a última fase da iniciativa do projeto Geração Atitude, programa coordenado na Assembleia Legislativa do Paraná pela Diretoria de Comunicação. Para os alunos que estão participando da Caravana da Cidadania, no entanto, as experiências proporcionadas pela inciativa da Assembleia são os grandes prêmios. Esta foi a impressão deles ao visitarem nesta quarta-feira (20) o Palácio Iguaçu, o Museu Oscar Niemeyer (MON) e o Tribunal de Justiça do Paraná. Ontem (terça-feira), tiveram a oportunidade de conhecer o Poder Legislativo.

As visitas marcaram a vida de Ariane, do Colégio Estadual Carmela Dutra, do município de Guaraci. Aos 15 anos, esta é a primeira vez que conhece estes locais. Estava apreensiva e relutou em viajar até Curitiba, revela a professora e orientadora da garota, Eliane Regina Guerreiro. “Estou vendo isso tudo pela primeira vez. O Palácio Iguaçu é muito bonito. Superou minhas expectativas”, deslumbra-se Ariane.

Além do turismo, conhecer o parlamento também causou grande impacto na estudante. “É muito interessante participar de perto da vida política do nosso Estado. Agora vou acompanhar melhor para escolher nossos representantes”, afirma a estudante. A participação dela virou uma sensação na escola em que estuda. Tanto é que a Sessão Plenária da Assembleia que revelou o vencedor do prêmio em 2019 foi transmitida ao vivo no pátio do colégio.

O aprendizado é compartilhado por outros visitantes. “Não é qualquer estudante que pode estar em frente ao Museu esta tarde. Somos apenas 32. Aprendi muita coisa nesses dias”, diz Gabriel Silva, de Apucarana. Estudante da mesma cidade, José Eduardo Saragoza García, do Colégio Estadual do Campo Professora Godomá Bevilacqua de Oliveira, ficou impressionado com o Olho do MON. “Nunca tinha visto nada igual. Em Curitiba vemos esta mistura de uma arquitetura nova com antiga. Não tem isso em minha cidade. É muito interessante”, analisa.

O prédio do Palácio Iguaçu chamou a atenção de Welington Aparecido Ramos. Não era para menos. Sua ideia é se tornar engenheiro. O projeto apresentado pelo estudante do Colégio Estadual Conselheiro Carrão, de Assaí, já demonstra essa vontade. Sua proposta regulamenta a obrigatoriedade da adoção de tecnologias verdes em construções de infraestruturas com mais de 200 m² de áreas construída. “O Palácio é maravilhoso. Já tinha visto por fotos e imaginava que era grande, mas é bem maior do que eu esperava. Estar aqui é uma experiência incrível. É um aprendizado que vou levar por toda a vida”.

Tribunal de Justiça - Pela manhã, a Caravana da Cidadania visitou a sede do Poder Judiciário estadual, o prédio do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR), no Centro Cívico. Recebidos pelo desembargador Valter Ressel, os secundaristas conheceram o Museu da Justiça e ouviram uma palestra sobre os princípios da magistratura e da Semana Nacional da Conciliação, criada para resolver conflitos judiciais por meios pacíficos, com audiências entre as partes envolvidas.

Sobre o projeto, o desembargador declarou que “é ótimo ver a comunidade e principalmente os jovens se conscientizarem do conceito de cidadania, o que ela é e o que se quer com a disseminação desta compreensão, para que participem mais ativamente da vida pública. As pessoas que estão no serviço público estão fazendo algo a favor da população. Estes jovens podem se tornar protagonistas mais presentes na sociedade, na política e na administração pública”.

Esta lição já está sendo aplicada pelo estudante Adaildo Augusto Okopnik Santos, de Mamborê, que apresentou no Geração Atitude um projeto de capacitação e formação dos servidores da rede pública de educação sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Tenho este lado político, a liderança me chama a atenção, por isso sempre participo de projetos que tenham este objetivo. Conhecer as sedes dos Poderes com a Caravana da Cidadania é incrível, sem ela poucos de nós teriam esta oportunidade”, contou.

A professora de Adaildo, Edna Hofstatter Scharlau, que leciona inglês e português, está em seu segundo ano acompanhando os alunos da Caravana da Cidadania. Para ela, observar o despertar do interesse dos jovens pela política e vida pública faz valer o esforço do ano todo. “É muito gratificante, vemos que existe o empenho em conhecer, estudar e participar destes assuntos. É a oportunidade de estar perto dos políticos, juízes e promotores. Gostaria que todos os estudantes do Paraná tivessem a mesma chance que eles estão tendo durante esses dias”, afirmou.

Para a coordenadora do Geração Atitude na Secretaria de Estado da Educação (SEED), Ronise Feuser, a Caravana da Cidadania coroa um trabalho que se inicia no início do ano letivo, com os professores e alunos debatendo política, recebendo os promotores públicos e elaborando os projetos de lei. “Temos casos de alunos que nunca estiveram na capital. Uma coisa é estudar, ler e elaborar os projetos, outra é conhecer tudo de perto, conversar com os deputados e desembargadores. É o momento de realizar tudo o que observaram na prática durante o ano todo”, explicou.

É o caso de Jean Amarcílio, de São Pedro do Paraná, município do Núcleo de Educação de Loanda, que está em Curitiba pela primeira vez. “É uma experiência incrível estar na sede do Poder judiciário, pois sou um aspirante ao Direito”, contou o estudante de dezesseis anos. “O projeto que apresentei no Geração Atitude foi inspirado no Parlamento Jovem, da Câmara de Deputados e do Senado Federal, contextualizado de acordo com as realidades de cada município”, frisou.

Programa – Trinta e dois projetos foram selecionados para a última fase da iniciativa, entre um total 262 propostas desenvolvidas pelos estudantes da rede pública estadual de 202 colégios. Esta é a 5ª edição da iniciativa, que faz parte do programa Geração Atitude.

O objetivo do programa é estimular o debate entre os jovens de temas como cidadania, democracia participativa, voto consciente e ainda esclarece a atuação de cada uma das instituições envolvidas no projeto. Compreendendo melhor todos esses assuntos os jovens assumem o papel de agentes transformadores na sociedade em que vivem.

O programa foi formalizado em 2015 por meio de um convênio entre a Assembleia Legislativa do Paraná, a Secretaria de Estado da Educação, o Ministério Público do Paraná, o Tribunal de Justiça do Paraná e a Assessoria Especial para Assuntos de Políticas Públicas para a Juventude vinculada ao Governo do Paraná.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação