Assembleia homenageia 1ª mulher a ingressar na Companhia de Operações com Cães do Bope Soldado Angélica Chuede recebeu menção honrosa proposta pelo líder do Governo na Alep, deputado Hussein Bakri (PSD).

14/10/2019 17h23 | por Thais Faccio
1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Schued, recebe homenagem na Alep.

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Schued, recebe homenagem na Alep.Créditos: Dálie Felberg/Alep

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Schued, recebe homenagem na Alep.

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.Créditos: Dálie Felberg/Alep

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.Créditos: Dálie Felberg/Alep

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.Créditos: Orlando Kissner/Alep

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.Créditos: Orlando Kissner/Alep

1ª mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) da PMPR, Soldado Angélica Chuede, recebe homenagem na Alep.

O Grande Expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), desta segunda-feira (14), foi dedicado a homenagear a soldado Angélica Aparecida Chuede, primeira mulher a fazer parte da Companhia de Operações com Cães (COC) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). “Temos muito orgulho do Bope que desenvolve um trabalho de resultados e eficiente. E essa homenagem de hoje é especial. É para uma mulher que honra a farda que veste e que com dedicação, trabalho, luta, e treinamento conseguiu ser a primeira mulher treinadora de cães a fazer parte do Bope”, disse o deputado Hussein Bakri (PSD), propositor da homenagem. “Essa menina de União da Vitória vai marcar a história do Bope, porque através do seu trabalho alcançou este importante posto. É também um agradecimento a ela e um incentivo às mulheres para que sigam nessa brilhante carreira”, completou o deputado.

Em nome da Companhia, o capitão Gustavo Dalledone Zancan falou da criação do canil e da importância do ingresso das mulheres na corporação. De acordo com ele, são 48 anos de operações com cães no Paraná, sendo que o primeiro surgiu em Curitiba e depois se expandiu para todo o Estado, contando com 20 canis setoriais, das mais diferentes modalidades de cães. “E, aqui em Curitiba, a soldado Angélica foi a primeira mulher a terminar o estágio e integrar o nosso efetivo. Ela entra para história da nossa corporação e de forma especial porque completou todo o treinamento de forma exemplar e como uma das primeiras da turma”, afirmou, ao destacar que as “mulheres tem o mesmo talento que os homens e às vezes até mais”. Ele observou que tiveram que fazer algumas adaptações nas instalações, como nos alojamentos, “mas que a dedicação e o empenho dela foram motivadores para eles”.

Sonho de criança - “Essa homenagem é a realização de um sonho. Desde quando eu entrei na polícia eu, que já era veterinária, sempre foquei nessa área. E, com muita dedicação, independe de ser mulher ou homem, esse sonho se tornou realidade”, afirmou a homenageada, soldado Angélica Aparecida Chuede. Para ela, a dedicação pode romper barreiras. E ela mostrou isso. 

Desde criança ela tinha o sonho de trabalhar na área de veterinária, tanto que se formou em Medicina Veterinária e por um tempo atuou na área. Mas assim que passou no concurso da Polícia Militar largou a profissão. E, depois de formada, em 2015, foi trabalhar em União da Vitória pelo 27º Batalhão e da farda cáqui, alcançou a farda camuflada do BOPE.

Mas a vontade de trabalhar com animais não passou e antes de ingressar no canil ela já treinava o seu cão Hunter, da raça pastor holandês.  O ingresso de Chuede na Companhia de Operações com Cães (COC) ocorreu depois de um estágio na unidade e de ser aprovada com uma das maiores notas dos integrantes da subunidade. Ela conta que o cão Hunter é filhote, mas que pode, em breve, se tornar o primeiro cão de Curitiba a ter triplo emprego, ou seja, um animal especializado em busca e apreensão de drogas e armas, pessoas e intervenção com mordida.

Os cães e a polícia - A integração entre o cão e o homem é antiga e na segurança pública ela tem demostrando muita eficácia. As capacidades dos cães em detectar substâncias e objetos são grandes e se evidenciam, em especial, no combate ao tráfico de drogas, área em que se destacam devido ao grande volume de drogas que consegue apreender. Além disso, em muitas situações, eles são decisivos para encontrar pessoas, armas e outros materiais ilegais.

Mas para que o um cão tenha plena capacidade de aplicação policial, há um rigoroso adestramento que se inicia desde o nascimento.  O capitão Gustavo Dalledone Zancan explica que o trabalho começa com uma seleção genética, reprodução por inseminação artificial e cuidados especiais desde a barriga da mãe. “Estes animais são treinados de 18 a 24 meses para terem um alto desempenho. Hoje, contamos com mais de 160 cães que atendem ao Bope e Corpo de Bombeiros e que são treinados para atuar no patrulhamento, detecção de drogas, armas e explosivos, além de busca de pessoas”, conta.

Batalhões especializados como o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) também possuem cães que são aplicados no combate ao narcotráfico, contrabando e descaminho, crimes que ocorrem com frequência na região de fronteira e nas rodovias estaduais.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação