Assembleia promove sessão solene alusiva aos 160 anos da Polícia Militar do Paraná

06/08/2014 18h43 | por Luiz Alberto Pena e Sandra C. Pacheco.
Deputado Wilson Quinteiro (PSB).

Deputado Wilson Quinteiro (PSB). Créditos: Sandro Nascimento (Alep / crédito obrigatório)

Deputado Wilson Quinteiro (PSB).
Os 160 anos da Polícia Militar do Paraná foram comemorados pela Assembleia Legislativa ao final da tarde desta quarta-feira (6), com a realização de uma sessão solene proposta pelo presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Mauro Moraes (PSDB), com o fim de homenagear os integrantes da corporação.

Antes mesmo da abertura oficial da solenidade, Mauro Moraes pediu a todos aqueles que lotavam as dependências do Plenário do Legislativo um minuto de silêncio em memória dos policiais militares Diego Gugel de Araújo e Jorge Luiz da Fonseca, mortos em Medianeira, no Oeste do estado, durante uma abordagem, na última segunda-feira (4), bem como aos demais policiais que tombaram em serviço, ao longo dos anos, no cumprimento da missão. O parlamentar salientou em seguida que a solenidade representava justamente o reconhecimento do povo do Paraná àqueles que cumprem o dever fundamental de preservar a ordem pública, promovendo a paz e a segurança que a sociedade tanto precisa para construir um estado cada vez melhor, mais justo e mais digno.

Participaram do evento, entre outras autoridades, o coronel Péricles de Matos, subcomandante-geral da Polícia Militar do Paraná, que representou na oportunidade o governador Beto Richa; o tenente-coronel Lanes Randal Prates Marques, diretor da Secretaria de Segurança Pública e representante do secretário de Estado Leon Grupenmacher; o tenente-coronel Wilson Rogério Valla, comandante do Batalhão de Polícia de Guardas; o major Luiz Marcelo Maziero Jakiemiv, subcomandante do Batalhão de Operações Especiais (BOPE); o major Marcos Rogerio Menegolo; e o procurador de Justiça Vani Antonio Bueno, representando o procurador-geral de Justiça do Paraná, Gilberto Giacóia; e o deputado estadual Osmar Bertoldi (DEM).

História
– A Polícia Militar do Paraná foi criada como uma unidade de Caçadores em 10 de agosto de 1854, com a denominação de Companhia de Força Policial. Mesmo sem estar ainda completamente organizada, cedeu parte de seu efetivo para a composição dos Corpos de Voluntários da Pátria. Uma Companhia incluindo os primeiros oficiais seguiu para o Rio de Janeiro para se integrar ao 4º Corpo de Voluntários. Três companhias paranaenses se reuniram a outras duas formadas em Santa Catarina para compor o 25º Corpo de Voluntários, mais tarde incorporado ao 31º CVP, que se destacou como uma das melhores unidades na Guerra do Paraguai e foi uma das últimas a ser desmobilizada.

Outras passagens importantes marcam a história da PM, como o Cerco da Lapa, durante a Revolução Federalista no final do século XIX, a Guerra do Contestado, já no início do século XX, a Revolta de 1924 e as Revoluções de 1930 e 1932. Com o fim do Estado Novo mudou o direcionamento do emprego para a Polícia Militar. A corporação até então demasiado voltada para a proteção do Estado, passou a ser prioritariamente orientada para a segurança dos cidadãos. Suas atividades foram diversificadas e foram criados novos serviços especializados, desenvolvendo paulatinamente a configuração que possui nos dias de hoje, com a missão de zelar pela paz e proteção da sociedade.

A Polícia Militar está presente em todos os municípios do estado; seus batalhões têm sede nos principais centros urbanos e suas companhias e pelotões estão distribuídos pelas localidades circunvizinhas.




Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação