Deputados lamentam a morte de Euclides Scalco e Assembleia decreta luto oficial O ex-ministro e ex-deputado federal faleceu aos 88 anos nesta terça-feira (16) em decorrência de complicações da Covid-19.

16/03/2021 10h59 | por Diretoria de Comunicação
Euclides Scalco no dia em que recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná, com os deputados Luiz Claudio Romanelli, Ademar Traiano e Michele Caputo.

Euclides Scalco no dia em que recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná, com os deputados Luiz Claudio Romanelli, Ademar Traiano e Michele Caputo.Créditos: Orlando Kissner/Alep

Euclides Scalco no dia em que recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná, com os deputados Luiz Claudio Romanelli, Ademar Traiano e Michele Caputo.

Euclides Scalco no dia em que recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná.Créditos: Orlando Kissner/Alep

Euclides Scalco no dia em que recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná.

Os deputados estaduais lamentaram a morte do ex-ministro, ex-deputado federal e ex-chefe da Casa Civil do Paraná, Euclides Scalco ocorrida nesta terça-feira (16), em Curitiba. Scalco, um dos políticos e homem público mais influente do estado, tinha 88 anos e é mais uma vítima da Covid-19.

Requerimento de votos de pesar à família foi apresentado na Assembleia Legislativa do Paraná, o presidente Ademar Traiano (PSDB) decretou luto oficial de 3 dias e no início da sessão plenária foi realizado um minuto de silêncio em homenagem à Scalco.

O presidente Traiano (PSDB) disse que “o Paraná e o Brasil perderam hoje um grande homem: Euclides Scalco, aos 88 anos, vítima da Covid. Ele nos deixa depois de uma vida exemplar, como um homem e político com uma trajetória sem máculas, uma liderança incontestável, uma referência moral. A vida reta, a trajetória marcada pela coerência e credibilidade de Euclides Scalco servirão de inspiração para as futuras gerações que se dedicarem à política ou que desejarem um exemplo de vida”.

O deputado Romanelli (PSB), primeiro secretário da Assembleia Legislativa, destacou a importância de Scalco para o ingresso na vida pública. “A ele devo o meu ingresso na política. Figura extraordinária, com que tive a honra de conviver no dia a dia, e aprendi muito. Íntegro, combatia as desigualdades sociais. Fundador do MDB e do PSDB, fará falta. Minhas condolências à família e aos amigos”.

“Como farmacêutico e um dos criadores do SUS, você foi e sempre será uma das maiores referências para mim. Me espelho em você para continuar a trajetória política de luta pela saúde das pessoas. Agradeço todos os ensinamentos e tenho muito orgulho de ter você como exemplo”, disse o deputado Michele Caputo (PSDB) em suas redes sociais. "Um homem qeu fez história e vai deixar sua marca. Conheci muito bem lá nos anos 50, 60 em Francisco Beltrão", disse o deputado Delegado Recalcatti (PSD).

Presidente do PSDB Paraná, o deputado Paulo Litro, destacou a referência que Scaldo era para aqueles que seguem na vida pública. "O Paraná e Brasil perdem uma verdadeira referência e exemplo de político com o falecimento do ex-ministro e fundador do PSDB, Euclides Scalco. Deixo minhas orações para sua esposa, dona Terezinha, familiares e amigos".

Cidadão Paranaense - Uma das últimas aparições públicas de Scalco aconteceu no final de 2019, quando recebeu o título de Cidadão Honorário do Paraná. A solenidade de entrega aconteceu 28 anos após a aprovação da homenagem pelos deputados e foi realizada no Salão Brasil da Prefeitura Municipal de Curitiba. Na época, o autor da proposição foi o então deputado estadual e atual prefeito da capital, Rafael Greca (DEM). O adiamento da entrega ocorreu por inúmeras razões até ser resgata pelo deputado Michele Caputo (PSDB).

Na ocasião, Scalco recordou suas contribuições com o Brasil e o Paraná, em especial com a região Sudoeste, onde o gaúcho de nascimento iniciou sua carreira política. “Sempre busquei corresponder às necessidades da população. Sinto-me honrado de receber este título do Estado que me recebeu. Hoje sou um homem feliz”.

As contribuições de Scalco com o Estado do Paraná justificaram a honraria. Farmacêutico de formação, o homenageado ganhou destaque na política, considerado dono de uma personalidade discreta e articuladora. Scalco foi vereador, prefeito, deputado federal, diretor-geral da Itaipu Binacional, além de chefe da Casa Civil do Estado no governo de José Richa (1983-1986) e ministro-chefe da secretaria geral da presidência da República no segundo governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ao lado de outras autoridades, é um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Biografia – Euclides Girolamo Scalco nasceu em Nova Prata, no Rio Grande do Sul, em 1932. Formado em farmácia-química na Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, curso concluído em 1954. Em 1959, mudou-se para o município de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná.

Logo após radicar-se no interior paranaense iniciou as atividades políticas, tornando-se secretário do diretório municipal do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) em Francisco Beltrão (1960-1962), município no qual se elegeu vereador (1960-1962) e, em seguida, prefeito (1963-1964). Após o golpe militar, foi um dos fundadores, em 1966, do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Pela legenda foi eleito novamente vereador em Francisco Beltrão, tendo exercido o mandato até 1969.

Em novembro de 1974 elegeu-se suplente do senador Francisco Leite Chaves na legenda do MDB, sendo escolhido em seguida presidente do diretório regional do partido no Paraná, cargo que exerceu de 1975 a 1979. No pleito de novembro de 1978, elegeu-se deputado federal, filiando-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Exerceu o mandato até março de 1983.

Reeleito em novembro de 1982 pelo PMDB, iniciou novo mandato em fevereiro do ano seguinte. Foi nomeado secretário-chefe da Casa Civil (1983-1986) do governador José Richa. Após afastar-se da chefia da Casa Civil, reassumiu seu mandato de deputado federal, tendo sido membro das comissões de Saúde e de Previdência e de Assistência Social da Câmara dos Deputados.

Nas eleições de 1986, elegeu-se deputado federal constituinte pelo PMDB paranaense. Em 1988, ao lado de outros peemedebistas como Fernando Henrique Cardoso, Mário Covas, Franco Montoro, José Serra, Pimenta da Veiga, João Gilberto e José Richa, foi um dos principais organizadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), tendo sido secretário-geral de sua comissão provisória nacional e, logo a seguir, eleito na convenção de fundação do partido secretário-geral de sua primeira Executiva Nacional.

Após a promulgação da Constituição, em outubro de 1988, tornou-se líder do PSDB na Câmara dos Deputados. Em outubro de 1990, foi candidato a vice-governador do Paraná na chapa do governador José Richa, que não passou para o segundo turno da eleição. Exerceu o mandato de deputado até janeiro de 1991, quando foi eleito vice-presidente do diretório nacional do PSDB, exercendo o cargo até 1993.

Em 1994, Euclides Scalco coordenou por um curto período a campanha do candidato do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, à presidência da República. Em junho de 1995, desfiliou-se do PSDB, permanecendo a partir de então sem vinculação partidária. Em setembro do mesmo ano, assumiu a diretoria-geral do lado brasileiro da hidrelétrica Itaipu Binacional.

Scalco continuou a frente da diretoria-geral da hidrelétrica Itaipu Binacional após o pleito de 1998. Em abril do ano seguinte renunciou à diretoria-geral de Itaipu e aceitou o convite de Fernando Henrique Cardoso para assumir o cargo de ministro-chefe da secretaria geral da presidência da República.

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação
abrir página Fechar Voltar
  • Abatiá
  • Agudos do Sul
  • Almirante Tamandaré
  • Altamira do Paraná
  • Alto Paraíso
  • Alto Paraná
  • Alto Piquiri
  • Alvorado do Sul
  • Amaporã
  • Anahy
  • Andirá
  • Antonina
  • Antônio Olinto
  • Arapongas
  • Arapoti
  • Arapuã
  • Araruna
  • Ariranha do Ivaí
  • Assis Chateaubriand
  • Astorga
  • Atalaia
  • Bandeirantes
  • Barbosa Ferraz
  • Barra do Jacaré
  • Barracão
  • Bela Vista da Caroba
  • Bela Vista do Paraíso
  • Bituruna
  • Boa Esperança
  • Boa Esperança do Iguaçu
  • Boa Ventura do São Roque
  • Boa Vista da Aparecida
  • Bom Jesus do Sul
  • Bom Sucesso do Sul
  • Bom Sucesso
  • Borrazópolis
  • Braganey
  • Brasilândia do Sul
  • Cafeara
  • Cafelândia
  • Califórnia
  • Cambará
  • Cambé
  • Cambira
  • Campina da Lagoa
  • Campina do Simão
  • Campo Bonito
  • Campo Largo
  • Campo Magro
  • Campo Mourão
  • Cândido de Abreu
  • Candói
  • Cantagalo
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques
  • Carambeí
  • Carlópolis
  • Cascavel
  • Centenário do Sul
  • Cerro Azul
  • Céu Azul
  • Chopinzinho
  • Cianorte
  • Cidade Gaúcha
  • Clevelândia
  • Colorado
  • Congoinhas
  • Conselheiro Mairinck
  • Contenda
  • Corbélia
  • Cornélio Procópio
  • Coronel Domingos Soares
  • Coronel Vivida
  • Corumbataí do Sul
  • Cruz Machado
  • Cruzeiro do Iguaçu
  • Cruzeiro do Oeste
  • Cruzeiro do Sul
  • Cruzmaltina
  • Curiúva
  • Diamante D’Oeste
  • Diamante do Norte
  • Diamante do Sul
  • Dois Vizinhos
  • Douradina
  • Doutor Camargo
  • Doutor Ulysses
  • Enéas Marques
  • Engenheiro Beltrão
  • Espigão Alto do Iguaçu
  • Esperança Nova
  • Farol
  • Faxinal
  • Fazenda Rio Grande
  • Fênix
  • Fernandes Pinheiro
  • Flor da Serra do Sul
  • Floraí
  • Florestópolis
  • Flórida
  • Formosa do Oeste
  • Foz do Iguaçu
  • Foz do Jordão
  • Francisco Alves
  • Francisco Beltrão
  • General Carneiro
  • Godoy Moreira
  • Goioerê
  • Goioxim
  • Grandes Rios
  • Guaíra
  • Guairaçá
  • Guamiranga
  • Guapirama
  • Guaporema
  • Guaraci
  • Guaraniaçu
  • Guarapuava
  • Guaraqueçaba
  • Guaratuba
  • Honório Serpa
  • Ibaiti
  • Ibiporã
  • Icaraíma
  • Iguaraçu
  • Imbaú
  • Imbituva
  • Inácio Martins
  • Inajá
  • Indianópolis
  • Ipiranga
  • Iporã
  • Irati
  • Iretama
  • Itaguajé
  • Itaipulândia
  • Itambaracá
  • Itambé
  • Itapejara D’Oeste
  • Itaperuçu
  • Ivaiporã
  • Ivatuba
  • Jaboti
  • Jacarezinho
  • Jaguariaíva
  • Jandaia do Sul
  • Janiópolis
  • Japira
  • Japurá
  • Jardim Alegre
  • Jataizinho
  • Jesuítas
  • Joaquim Távora
  • Jundiaí do Sul
  • Juranda
  • Jussara
  • Kaloré
  • Lapa
  • Laranjal
  • Laranjeiras do Sul
  • Leópolis
  • Lidianópolis
  • Lindoeste
  • Loanda
  • Lobato
  • Londrina
  • Luiziana
  • Lunardelli
  • Lupionópolis
  • Mallet
  • Mamborê
  • Mandaguari
  • Mandirituba
  • Manfrinópolis
  • Mangueirinha
  • Manoel Ribas
  • Maria Helena
  • Marialva
  • Marilândia do Sul
  • Marilena
  • Mariluz
  • Maringá
  • Mariópolis
  • Maripá
  • Marmeleiro
  • Marquinho
  • Matinhos
  • Mauá da Serra
  • Medianeira
  • Mercedes
  • Mirador
  • Miraselva
  • Moreira Sales
  • Morretes
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nova Aurora
  • Nova Cantu
  • Nova Esperança
  • Nova Esperança do Sudoeste
  • Nova Laranjeiras
  • Nova Londrina
  • Nova Olímpia
  • Nova Prata do Iguaçu
  • Nova Santa Bárbara
  • Nova Tebas
  • Novo Itacolomi
  • Ortigueira
  • Ortigueira
  • Ouro Verde do Oeste
  • Pinhais
  • Palmas
  • Palmeira
  • Palmital
  • Paraíso do Norte
  • Paranacity
  • Paranapoema
  • Paranavaí
  • Pato Branco
  • Paula Freitas
  • Paulo Frontin
  • Peabiru
  • Pérola D’Oeste
  • Pérola
  • Pinhal de São Bento
  • Pinhalão
  • Pinhão
  • Pirai do Sul
  • Piraquara
  • Pitanga
  • Ponta Grossa
  • Pontal do Paraná
  • Porecatu
  • Porto Barreiro
  • Porto Vitória
  • Prado Ferreira
  • Pranchita
  • Presidente Castelo Branco
  • Primeiro de Maio
  • Prudentópolis
  • Quarto Centenário
  • Quatiguá
  • Quatro Barras
  • Quedas do Iguaçu
  • Querência do Norte
  • Quinta do Sol
  • Quitandinha
  • Ramilândia
  • Rancho Alegre
  • Realeza
  • Rebouças
  • Renascença
  • Reserva do Iguaçu
  • Ribeirão Claro
  • Ribeirão do Pinhal
  • Rio Azul
  • Rio Bonito do Iguaçu
  • Rio Branco do Ivaí
  • Rio Negro
  • Rolândia
  • Roncador
  • Rondon
  • Sabáudia
  • Salgado Filho
  • Salto do Itararé
  • Salto do Lontra
  • Santa Cecília do Pavão
  • Santa Cruz de Monte Castelo
  • Santa Fé
  • Santa Helena
  • Santa Izabel do Oeste
  • Santa Lúcia
  • Santa Maria do Oeste
  • Santa Mariana
  • Santa Mônica
  • Santa Tereza do Oeste
  • Santa Terezinha de Itaipu
  • Santana do Itararé
  • Santo Antonio do Caiuá
  • Santo Antonio do Paraíso
  • Santo Antônio da Platina
  • Santo Inácio
  • São Carlos do Ivaí
  • São Jerônimo da Serra
  • São João do Caiuá
  • São João do Ivaí
  • São João do Triunfo
  • São João
  • São Jorge D’Oeste
  • São Jorge do Patrocínio
  • São José da Boa Vista
  • São José das Palmeiras
  • São Manoel do Paraná
  • São Mateus do Sul
  • São Pedro do Iguaçu
  • São Pedro do Ivaí
  • São Sebastião da Amoreira
  • São Tomé
  • Sapopema
  • Sarandi
  • Saudade do Iguaçu
  • Sengés
  • Sertaneja
  • Serranópolis do Iguaçu
  • Siqueira Campos
  • Sulina
  • Tamarana
  • Tamboara
  • Tapejara
  • Tapira
  • Teixeira Soares
  • Telêmaco Borba
  • Terra Rica
  • Tibagi
  • Tijucas do Sul
  • Toledo
  • Tomazina
  • Três Barras do Paraná
  • Tunas do Paraná
  • Tuneiras do Oeste
  • Tupãssi
  • Turvo
  • Ubiratã
  • Umuarama
  • União da Vitória
  • Uniflor
  • Uraí
  • Ventania
  • Vera Cruz do Oeste
  • Virmond
  • Wenceslau Braz
  • Xambrê
Assembleia decreta calamidade pública em 331 municípios veja no mapa