Assembleia inicia oficialmente o Agosto Azul, mês que chama atenção para saúde masculina Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha, que contou ainda com explicação sobre cuidados básicos de saúde.

05/08/2019 16h45 | por Thiago Alonso
Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha Agosto Azul na Assembleia Legislativa do Paraná.

Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha Agosto Azul na Assembleia Legislativa do Paraná.Créditos: Dálie Felberg/Alep

Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha Agosto Azul na Assembleia Legislativa do Paraná.

Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha Agosto Azul na Assembleia Legislativa do Paraná.Créditos: Dálie Felberg/Alep

Exposição e realização de exames marcaram o lançamento da campanha Agosto Azul na Assembleia Legislativa do Paraná.

O presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), Roberto Issamu Yosida, falou no grande expediente da sessão sobre os cuidados básicos de saúde.Créditos: Orlando Kissner/Alep

O presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), Roberto Issamu Yosida, falou no grande expediente da sessão sobre os cuidados básicos de saúde.

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) deu a largada oficial nesta segunda-feira (05) ao Agosto Azul, mês dedicado a estimular a promoção da saúde do homem. O grande expediente da Sessão Plenária foi dedicado à fala do presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), Roberto Issamu Yosida, tratando de cuidados básicos de saúde. Já o Espaço Cultural da Casa recebe a exposição Agosto Azul, mostrando a cronologia da Campanha nos últimos anos. Durante toda a tarde, o espaço também contou com a realização de exames de hepatite do tipo B e C, além de sífilis e HIV.

O tema da Campanha deste ano é “Homem respeite a sua saúde e viva melhor”. A proposição das atividades é da deputada Cantora Mara Lima (PSC), autora da lei que instituiu no Paraná o “Agosto Azul”. Ela destacou os bons resultados alcançados pelo conjunto de medidas implementadas durante a mobilização. “Quando quase ninguém falava na saúde dos homens, estávamos levando o assunto à discussão. Hoje, o Agosto Azul é um grande sucesso. A partir desta Lei, os homens passaram a se cuidar mais”, avaliou Mara Lima.

O médico Roberto Yosida concordou. Para ele, as datas simbólicas como o Agosto Azul ajudam a sensibilizar as pessoas. “Campanhas como estas ficam gravadas na mente. O Agosto Azul é uma daquelas políticas públicas que mudam a realidade da saúde”, disse. Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), a atividade é louvável. “O Agosto Azul é um sucesso e tem resultados altamente satisfatórios”, comentou.

Mesmo com os alertas para a prevenção, muitos homens ainda são negligentes com a saúde. De acordo com o levantamento do departamento de Saúde do Homem da Secretaria de Estado de Saúde do Paraná (SESA), os homens são responsáveis por pelo menos seis de cada dez óbitos por doenças do aparelho circulatório. Já na faixa etária de 20 a 59 anos, a mortalidade masculina é o dobro da feminina.

O enfermeiro Francisco dos Santos, que comandava os exames no Espaço Cultural da Assembleia, acompanha a realidade na prática. Ele lembrou que homens têm mais dificuldades de se prevenir. “Quanto mais precocemente descobrimos a doença, mais cedo começamos o tratamento”, lembrou. Foi pensando nisso que o servidor Adriano Elias Barcik, do gabinete do deputado Michele Caputo (PSDB), realizou os exames. Em 20 minutos, o resultado estava pronto. “É uma ótima oportunidade fazer teste para prevenção de doenças no local de trabalho. Muitas vezes não temos tempo de sair para fazer. A gente só se lembra de cuidar da saúde na hora que aperta”, disse ele.

Prevenção – As atividades da campanha acontecem há oito anos e são executadas pelo Governo do Paraná, além de serem adotadas por diversas instituições não governamentais (ONGs). Inúmeras ações serão desenvolvidas no Paraná durante o “Agosto Azul”. As atividades ocorrerão nas 22 Regionais de Saúde e nos 399 municípios do Estado, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.

A Lei 17.099/2012 instituiu no Estado do Paraná o mês de agosto como sendo dedicado à realização de ações para incentivar a prevenção e a promoção da saúde do homem. O objetivo da legislação é motivar uma mudança cultural para que homens procurem atendimento médico e verifiquem sua condição de saúde com mais frequência, antes que doenças se manifestem de forma mais grave. Exames simples como testes para diabetes, hipertensão, HIV e hepatite estão disponíveis na rede pública de saúde e podem identificar enfermidades ainda em estágios iniciais.

Mortalidade – O Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde mostra que em 2016, 736.842 homens morreram em todo o País. Entre as principais causas de morte estão cânceres (112.272), como de próstata, fígado, pulmonar e de pele; doenças do coração (68.018), como infarto e AVC; agressões (56.409); acidentes (84.139), em especial de transportes (31.565); doenças cerebrovasculares (51.753); e gripe e pneumonia (41.695). Os dados foram divulgados pelo Ministério em novembro de 2018.

Ouça o Podcast relacionado

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação