Governo sanciona criação de ciclovias integradas na RMC

14/10/2019 11h19 | por Diretoria de Comunicação com assessoria parlamentar
Deputado Delegado Recalcatti (PSD), um dos autores do projeto de lei que cria o o Circuito Cicloturístico do Alto do Iguaçu

Deputado Delegado Recalcatti (PSD), um dos autores do projeto de lei que cria o o Circuito Cicloturístico do Alto do IguaçuCréditos: Dálie Felberg/Alep

Deputado Delegado Recalcatti (PSD), um dos autores do projeto de lei que cria o o Circuito Cicloturístico do Alto do Iguaçu

Os 29 municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) estão autorizados a criar uma rota integrada de ciclovias para a mobilidade de seus moradores e divulgação de atrações turísticas. O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou a Lei 19.956/2018 criando o Circuito Cicloturístico do Alto do Iguaçu, com objetivo de movimentar a economia e dar uma nova alternativa de desenvolvimento para a RMC.

A proposta é de autoria conjunta dos deputados Delegado Recalcatti, Goura e Galo e foi aprovada no início de setembro pela Assembleia Legislativa. A ideia foi inspirada no circuito criado recentemente entre os municípios de Piraquara, Pinhais e Quatro Barras, que possui 42,1 Km de extensão e passa por diversas atrações turísticas, como pontos históricos, gastronômicos e de produção artesanal.

Mas, para Delegado Recalcatti, a integração vai além do turismo e do lazer. “O circuito vai facilitar a vida de muitos moradores de bairros para se locomoverem tanto para o trabalho, como nas atividades do dia a dia”, afirmou. “Outro aspecto positivo é a valorização das atividades físicas, como também é preciso destacar que a bicicleta é um meio de transporte ecologicamente correto”, completou.

Para o deputado Goura, o turismo ecológico tem muito potencial. “A partir deste projeto, os municípios poderão se consorciar e estabelecer suas ciclorrotas, que poderão ser formadas por estradas rurais com atrativos naturais e culturais de toda a região”, explicou. De acordo com o deputado Galo, a implantação de rotas cicloturísticas pode fazer do Paraná referência em mobilidade.

Para a implantação do Circuito Cicloturístico do Alto Iguaçu, as prefeituras vão definir o traçado da rota de forma integrada entre os municípios, implantar sinalizações, mapear e divulgar as atrações turísticas. Já o governo estadual deverá definir o padrão das sinalizações e o traçado geral do Circuito.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação