Julho Dourado – Mês de reflexão sobre a saúde animal e contra o abandono Período de conscientização é lei no Paraná desde 2018, após uma proposta do deputado Cobra Repórter (PSD) ser aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná.

01/07/2022 12h43 | por Diretoria de Comunicação com assessorias
Julho Dourado foi instituído no Paraná como o mês de reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de animais.

Julho Dourado foi instituído no Paraná como o mês de reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de animais.Créditos: Arte: Leonardo Cunha

Julho Dourado foi instituído no Paraná como o mês de reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de animais.

Julho Dourado foi instituído no Paraná como o mês de reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de animais, em especial cães e gatos, além de alertar para a importância da prevenção de zoonoses, após uma proposição do deputado Cobra Repórter (PSD) ter sido aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná e que deu origem à lei 19472/2018. A data consta no Calendário Oficial de Eventos do Estado, e no período podem ser realizadas palestras e ações que garantam qualidade de vida a animais de rua ou de estimação.

 “Neste mês que está começando, queremos motivar a população para que reflita sobre o bem-estar dos animais de rua e animais domésticos de estimação (pets). Os animais não têm quem os defenda, não têm noção da maldade humana, por isso, é nossa responsabilidade cuidar, proteger e garantir que tenham seus direitos cumpridos. Ser abandonado e viver nas ruas não é uma escolha deles. Eles são vítimas. Se nós não fizermos nada por eles, quem irá fazer?”, disse o deputado estadual Cobra Repórter.

Entre as ações do Julho Dourado, estão previstos uma ampla campanha em nível estadual nas emissoras de rádio e TVs; o envio de ofício a todas as prefeituras, câmaras municipais, organismos públicos e privados ligados aos animais solicitando ações sobre o tema; e o pedido que os prédios públicos municipais, estaduais e federais sejam iluminados na cor dourada à noite.

O deputado destaca ainda que o Centro Integrado de Denúncias 181 do Paraná recebeu 52.409 denúncias ao longo de 2021, segundo balanço da secretaria estadual da Segurança Pública. O documento indicou que a participação da população foi mais intensa contra o tráfico de drogas e maus-tratos a animais domésticos, que, juntos, somaram 28.213 denúncias, ou seja, 53,82%. Os casos de maus-tratos a animais domésticos ficaram em segundo lugar no ranking. Foram 10.921 denúncias recebidas, o que representa 20,8% do total em 2021.

Curitiba

Neste mês, beneficiários do Programa Armazém da Família e Protetores de animais de Curitiba poderão agendar avaliações clínicas e vacinação gratuitas para os seus cães. O programa da Rede de Proteção Animal, em parceria com a Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR) prevê a realização de exames clínicos básicos, vacinação antirrábica e polivalente, além da administração de vermífugos, antipulgas e sarnicidas conforme a disponibilidade. As equipes fazem também orientações sobre o Programa Municipal de Castração Gratuita da Prefeitura de Curitiba, já que as avaliações são uma etapa prévia às castrações.

Serão oferecidos 50 atendimentos por dia, de segunda a sexta-feira, sendo 25 pela manhã e 25 à tarde. Mais informações no site: https://protecaoanimal.curitiba.pr.gov.br/

As inscrições podem ser feitas através do link: https://guia.curitiba.pr.gov.br/evento/campanha-de-avaliacao-clinica-e-vacinacao-para-caes/195

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação