Projeto contra furtos de fios de luz e telecomunicações é aprovado na Comissão de Segurança e segue para plenário A proposta, de autoria do deputado estadual Elio Rusch, prevê a criação de um cadastro de compra e venda nos ferros-velhos em atividade no Estado.

15/06/2022 09h32 | por Assessoria parlamentar
Deputado Elio Rusch (União).

Deputado Elio Rusch (União).Créditos: Orlando Kissner/Alep

Deputado Elio Rusch (União).

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná aprovou no início da noite desta terça-feira (15), projeto de lei que cria regras para compra e receptação de fios, cabos e equipamentos de telecomunicações e energia elétrica em todo o Paraná.

O projeto de lei 452/2021, de autoria do deputado estadual Elio Rusch (União), instituiu a Política Estadual Prevenção e Combate a Furtos e Roubos e tem o intuito de evitar e/ou dificultar a criminalidade com este tipo de material. A proposta ainda deve ser analisada pelo Plenário.

Conforme o projeto, uma das medidas estabelecidas é a fiscalização em ferros-velhos e demais estabelecimentos que comercializam esses produtos em todo o estado. Desta forma, ao comprar ou vender fios metálicos, as empresas vão precisar fazer um cadastro com nome, endereço e telefone dos compradores e fornecedores.

“O cobre e o alumínio são um dos dois metais mais valorizados ultimamente e o grande número de furtos de cabos no Paraná tem causado enormes transtornos à população e às empresas. Nosso objetivo é ter um meio de controle e desta maneira evitar que as pessoas tenham onde vender esses materiais adquiridos de maneira ilegal”, destacou Elio Rusch.

De acordo com a proposta, a comercialização de material sem registro será considerada ilegal, podendo o local sofrer sanções e até mesmo o fechamento.

"Existe uma rede de ilegalidade e este tipo de crime ainda potencializa outras ocorrências mais graves, como assaltos devido a escuridão de vias públicas. Por isso é um assunto de extrema importância", defendeu.

O texto aprovado revoga a lei estadual 17.015, do ex-deputado Caíto Quintana, que já tratava do tema. A proposição também recebeu pareceres favoráveis das Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Indústria, Comércio, Emprego e Renda.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação