Regularização fundiária e exploração sexual de crianças e adolescentes na pauta de debates da Alep Eventos na Assembleia envolvem ainda homenagem aos policiais militares, associação de produtores de erva-mate e exposição de quadros.

13/09/2019 15h08 | por Diretoria de Comunicação
Semana com debates intensos na Assembleia. Em votação no plenário o projeto que institui o Projeto Escola sem Partido.

Semana com debates intensos na Assembleia. Em votação no plenário o projeto que institui o Projeto Escola sem Partido.Créditos: Orlando Kissner/Alep

Semana com debates intensos na Assembleia. Em votação no plenário o projeto que institui o Projeto Escola sem Partido.

A próxima semana na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) tem início com um debate sobre “A Regularização Fundiária no Estado do Paraná”,  na manhã de segunda-feira (16), às 10 horas. Proposta do deputado Ricardo Arruda (PSL) a audiência pública terá a participação de representantes do Ministério Público do Paraná (MP/PR); Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (SUDIS); da Defensoria Pública; da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar); e da União de Mutuários de Terrenos de São José dos Pinhais (UMT).

“O problema que existe nas regularizações fundiárias no estado do Paraná é de conhecimento público. Só no programa realizado pela Cohapar, o Morar Legal, cerca de 35 mil famílias de 73 municípios serão beneficiadas”, justifica o requerimento da audiência pública. Para Ricardo Arruda, “é um tema que aflige milhares de paranaenses, que se veem no risco de perder as suas moradias, por conta de mudanças em leis municipais de zoneamento, ou por questões de preservação ambiental”, explica o parlamentar.

Guerreiros – Ainda na segunda-feira (16), às 18 horas, acontece no Plenário uma sessão especial em homenagem aos “Bravos Guerreiros da Policia Militar do Paraná”, também proposta pelo deputado Ricardo Arruda. Segundo o parlamentar, a cerimônia marca o reconhecimento da sociedade paranaense ao trabalho de policiais que se destacaram em suas funções por atos de coragem e solidariedade. “São profissionais que diariamente arriscam suas próprias vidas para proteger e garantir a segurança das famílias paranaenses”, afirma o proponente.

Grande expediente – Também na segunda-feira, no horário do grande expediente, durante a sessão plenária, a homenagem será para os 50 anos da Associação dos Funcionários da Cohapar (AFC), proposta pelo primeiro secretário da Alep, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Durante a cerimônia, o presidente da Associação dos Funcionários da Cohapar (AFC), Valdney Ferreira dos Santos, vai falar um pouco do órgão e contar a história da AFC. Ela foi fundada por funcionário em 23 de julho de 1969, em Curitiba, com a intenção de promover a união entre associados e familiares. A AFC vai entregar placas de agradecimento ao presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), ao primeiro-secretário, deputado Romanelli, e ao presidente da Cohapar, Jorge Luiz Lange. 

Exposição - A partir da próxima terça-feira (17), às 09 horas, a exposição do artista plástico David Horta Ribas, por proposição do segundo secretário da Casa, deputado Gilson de Souza (PSC). Intitulada “Chamado e Ministério”, as 20 telas em tinta óleo expostas prestam homenagem a pessoas que tem cumprido o chamado divino de anunciar o Evangelho de Jesus Cristo. A exposição ocorre no Espaço Cultural da Assembleia e fica em cartaz até quarta-feira (18). (leia matéria no site)

Erva-mate – Por iniciativa do líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Hussein Bakri (PSD), a Associação dos Amigos da Erva-Mate de São Mateus do Sul (IG-Mathe) será homenageada pelo Poder Legislativo em sessão solene convocada para a quarta-feira (18), às 18 horas, no plenário da Casa.

“Essa homenagem é mais do que um gesto simbólico. É uma demonstração de que todo o poder público estadual – Governo do Estado e Assembleia Legislativa – está imbuído de ajudar o setor com medidas que alavanquem ainda mais a produção e, consequentemente, a economia da região”, disse o deputado Bakri. “Além disso, a erva-mate do Sul do Paraná é reconhecida pela qualidade do produto”. (leia matéria no site)

Exploração sexual – Encerrando a semana, na sexta-feira (20), o Plenarinho da Casa recebe a audiência pública "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes", que debaterá a adoção de medidas eficazes para a diminuição deste tipo de crime em todo o estado. O encontro, proposto pelo deputado Alexandre Amaro (Republicanos), vai reunir representantes de órgãos públicos e de instituições da sociedade organizada. O evento terá início às 15 horas. (leia matéria no site)

Sessão plenária - O projeto de lei nº 606/2016, que institui no sistema de ensino estadual o Programa Escola Sem Partido, estará na pauta de votações da sessão plenária da próxima segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Assinado pelo deputado Ricardo Arruda e pelo hoje deputado federal Felipe Francischini, ambos do PSL, o texto, que será votado em primeiro turno, prevê que cartazes sejam colocados nas escolas públicas e privadas do Paraná, determinando limites que não poderiam ser ultrapassados pelos educadores para evitar o “doutrinamento” por parte de professores em salas de aula. (leia matéria no site)

A pauta com os demais projetos a serem votados na sessão de segunda-feira pode ser conferida no link: https://bit.ly/2kfMP23

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação