Notícia

Assembleia Legislativa abre suas portas nesta segunda-feira (25) para o Parlamento Universitário

25/07/2016 às 14h13 > atualizado em 25/07/2016 às 14h45 Por Kharina Guimarães
Parlamento Universitário / Foto: Leonardo Cunha

Parlamento Universitário / Foto: Leonardo Cunha

Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) vai se transformar em um palco de aprendizado e de compartilhamento de experiências na próxima semana, quando 54 “deputados universitários” ocuparão a Casa de Leis e vivenciarão a rotina dos legisladores paranaenses durante o Projeto Parlamento Universitário. A iniciativa é uma parceria entre a Escola do Legislativo da Assembleia e o Partido Democrático Universitário (PDU), da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A sessão de posse será realizada na segunda-feira (25), no Plenário da Alep, às 14 horas.

A iniciativa pioneira é uma oportunidade para os jovens conheceram o Poder Legislativo, o processo de elaboração e aprovação das leis estaduais e uma preparação para quem almeja um futuro no ambiente parlamentar ou político. “Eles exercerão a prática da cidadania de uma forma intensa. É um aprendizado. Eles vêm aqui em busca de uma oportunidade para conhecer de perto a vida da Assembleia e, pensando já no futuro, a possibilidade de poderem ocupar espaços políticos no estado”, ressalta o deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa.

O Parlamento simulado será formado por 54 estudantes do curso de Direito da UFPR, divididos em partidos políticos conforme a atual representação partidária da Assembleia. Uma universitária também terá a oportunidade de desempenhar o papel de governadora do Estado, com atuação junto ao Legislativo. Depois de empossados, a primeira responsabilidade dos deputados universitários será a eleição da Mesa Executiva e a composição das comissões técnicas responsáveis pelo exame prévio dos projetos de lei. Na sequência, começa a tramitação dos projetos. “São projetos de bastante relevância e que devem render muitas discussões. A gente espera um evento em que os alunos aprendam bastante sobre as práticas de um parlamentar na Alep e também esperamos aprender com eles. Nas discussões e nos pareces eles podem nos trazer novos conhecimentos”, observa Dylliardi Alessi, diretor da Escola do Legislativo.

Até agora já foram apresentados 29 projetos de lei, um projeto de resolução e três propostas de emenda à Constituição do Estado. Entre os principais temas explorados pelos alunos estão alterações na área de educação, iniciativas de incentivo à cultura, estímulo à produção de orgânicos e a promoção da agricultura familiar, o equilíbrio das contas públicas e questões fiscais. No entanto, antes de chegar ao Plenário, tudo terá que ser aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ),e também receber os pareceres das comissões temáticas. “Assim como é a realidade prática aqui da Assembleia Legislativa será o Parlamento Universitário”, esclarece Dylliardi.

Para que os deputados universitários pudessem estar prontos para os desafios do Parlamento simulado, eles participaram de um curso preparatório sobre a separação de Poderes, a função legislativa, o processo legislativo, o conteúdo do Regimento Interno da Alep e demais aspectos relacionados à técnica de elaboração de projetos de lei. O projeto supre uma lacuna dos currículos acadêmicos, que normalmente tratam do processo legislativo de forma mais periférica ou superficial. “Certamente o aprendizado que terão aqui não vão encontrar durante a universidade, e não terão outras oportunidades de adquiri-lo”, afirma Paulo Queiroz, presidente do PDU.

 

Programação:

Segunda-feira
14h - Sessão de posse e sessão de eleição da Mesa Executiva

Terça-feira
10h - Reunião CCJ
14h – reuniões das comissões temáticas

Quarta-feira
10h – reuniões das comissões temáticas
14h – sessão plenária

Quinta-feira
10h – sessão plenária
14h – sessão plenária

Sexta-feira
10h – sessão plenária
14h – reunião final 

Acompanhe também pelo facebbok oficial da ALEP. https://www.facebook.com/parlamentouniversitariopr/posts/1050297978398401