Notícia

Deputados do Parlamento Universitário tomam posse

25/07/2016 às 15h45 > atualizado em 26/07/2016 às 15h47 Por Jaime S. Martins
Presidente Ademar Traiano (PSDB), autoridades e demais deputados, com os acadêmicos de Direito da UFPR, participantes do Projeto Parlamento Universitário. / Foto: Pedro de Oliveira

Presidente Ademar Traiano (PSDB), autoridades e demais deputados, com os acadêmicos de Direito da UFPR, participantes do Projeto Parlamento Universitário. / Foto: Pedro de Oliveira

Até a próxima sexta-feira (29) a função de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) passa a ser desempenhada por 54 jovens estudantes de Direito. Os “deputados” não foram eleitos pelo voto popular, eles fazem parte do Projeto Parlamento Universitário, uma parceria entre a Alep, através da Escola do Legislativo, e o Partido Democrático Universitário (PDU), da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Durante essa semana os deputados estudantes poderão vivenciar a rotina dos legisladores paranaenses, com a formalização das comissões técnicas permanentes, apresentação e votação de projetos de lei e a realização de sessões plenárias.

A sessão preparatória de posse dos deputados universitários aconteceu nesta segunda-feira (25), em sessão comandada pelo presidente da Alep, deputado Ademar Traiano (PSDB). Após a posse de 50 deputados estudantes – quatro não estavam presentes, foi realizada a eleição da Mesa Diretora, em sessão comandada pelo deputado estudante Rodrigo Saturnino (PSC), o mais velho, conforme determina o Regimento Interno da Alep. A representatividade dos deputados foi dividida em partidos políticos conforme a atual representação partidária da Assembleia,

Duas chapas participaram da disputa. A chapa 1, encabeçada pelo deputado estudante Luzardo Faria (PSB), e a chapa 2, pelo deputado estudante Luís Machado (PSD). A chapa 1 saiu vencedora, com 29 votos favoráveis, diante de 20 votos para a chapa 2. Um parlamentar não votou.

O presidente eleito, Luzardo Faria, falou da importância do trabalho de articulação para sair vencedor na disputa. Segundo ele, essa articulação aconteceu até momentos antes da votação. “É uma vitória muito boa. A gente já estava articulando a votação da chapa desde quando foram encerradas as inscrições, mas nos últimos minutos ainda estávamos disputando os votos”, disse. “Foi importante para ver como é esse processo na vida real e a gente aprendeu bastante também sobre essas articulações políticas que fazem parte da atividade do Parlamento”, concluiu.

Luzardo disse que irá comandar o Legislativo de forma democrática, respeitando todos os parlamentares ebancadas. “O objetivo é que a gente possa dirigir o Parlamento Universitário da melhor forma possível, no sentido de permitir que todos os deputados estudantes participem. É um projeto de aprendizado numa atividade simulada. Queremos que todos tenham voz e que os projetos mais variados possam chegar ao Plenário e possam ser votados” relatou.

O presidente Luzardo destacou ainda a ação da Assembleia Legislativa em propor essa parceria com a UFPR e dar aos estudantes a oportunidade de vivenciar na prática o trabalho dos deputados estaduais. “A gente é muito privilegiado em fazer parte dele. Acredito que todo mundo vai aprender bastante com isso”.

Mesa diretora – A Mesa Diretora eleita será composta pelos seguintes deputados estudantes:

Presidente – Luzardo Faria (PSB)

1º vice-presidente – Luiz Bernardo Amaral (DEM)

2º vice-presidente – Marcus Passos (PSC)

3ª vice-presidente – Cassiane Andreatta (PTB)

1º secretário – Rhayssam Arraes (PSDB)

2º secretário – Eduardo Ono (PSDB)

3ª secretária – Juliana Marques (PSC)

4ª secretária – Marine Gonçalves (DEM)

5º secretário – Davi Ampuero (PRB)

 

Ausências – Os quatro deputados ausentes têm até esta terça-feira (26) para tomar posse. Caso isso não aconteça os suplentes serão convocados para assumir a função.

CCJ – Nesta terça-feira ocorrerá a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) com os deputados estudantes, a partir das 10 horas, no Auditório Legislativo da Alep. Na parte da tarde, a partir das 14 horas, acontecem as reuniões das comissões temáticas.