Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados Trabalhos apresentados, de diferentes temas, contribuem para formulação de políticas públicas.

30/09/2021 16h53 | por Vanderson Luiz
Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputadosCréditos: Reprodução Zoom.

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputadosCréditos: Reprodução Zoom.

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputadosCréditos: Reprodução Zoom.

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputadosCréditos: Reprodução Zoom.

Semana Acadêmica aproxima pesquisas acadêmicas e sociedade, dizem deputados

Futuros mestres e doutores do programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Políticas Públicas e Direito do Estado da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e do programa de Pós-Graduação em Gestão Urbana da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) foram os protagonistas do primeiro dia de apresentações da II Semana Acadêmica da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná, nesta quinta-feira (30). Nos períodos da manhã e da tarde eles apresentaram para população, via TV Assembleia e redes sociais da Casa, o resultado de suas pesquisas acadêmicas. O deputado estadual Goura (PDT) e Arilson Chiorato (PT) participaram como convidados especiais.

Goura enalteceu o trabalho da Escola do Legislativo e os eventos, como a Semana Acadêmica, que visam a aproximação entre academia e a agenda política. “É essencial para termos benefícios mútuos, onde os agentes políticos possam se beneficiar das pesquisas, dos olhares, das perspectivas do acúmulo de conhecimento que as universidades produzem e que devem estar mais presentes na agenda política e por outro lado a pesquisa que é feita não ficar restrita na intranet da universidade. A gente vê muita coisa boa sendo pesquisada, sendo feita, anos de dedicação de pesquisadores e aquilo que poderia ter um benefício direto à população acaba ficando restrito ao meio acadêmica”.

O deputado Arilson Chiorato também elogiou a iniciativa da Escola do Legislativo e ressaltou que “é muito importante o compartilhamento de trabalho de resultados entre essa Casa de Leis, que é uma produtora de políticas públicas, com a instituição de ensino superior, que é onde nasce todo arcabouço teórico pra fazermos discussão de política pública. É fundamental essa abertura que a Assembleia está construindo para aprofundar vários temas”.

Pela manhã, os trabalhos apresentados foram os seguintes: Ciclistas invisíveis: dificuldades no processo participativo e a marginalização da mobilidade ativa nas novas concessões rodoviárias no Paraná, de autoria de Mariana Marques Auler (Doutoranda em Políticas Públicas – UFPR) e Yasmim Breckenfeld Reck (Mestranda em Planejamento Urbano – UFPR); Infraestrutura verde e Saúde Respiratória nos Espaços Urbanos: O Projeto Cidades Verdes (Green Cities), formulado por Luciene Pimentel da Silva e Fábio Teodoro de Souza (Pesquisa de pós-doutorado em Gestão Urbana da PUCPR); e Políticos profissionais em ministérios do Brasil: um estudo exploratório da Nova República, com autoria de Rodrigo da Silva (Mestrando); Amanda Sangalli (Mestranda); Nilton Sainz (Doutorando); Gabryela Gabriel (Mestranda), todos em Ciência Política – UFPR.

O deputado Goura comentou sobre a pesquisa das doutorandas Mariana Auler e Yasmin Reck, que observou a falta de inclusão de um programa de mobilidade para ciclistas dentro do projeto da nova concessão das rodovias federais do Paraná. O trabalho acadêmico partiu da mobilização da Cicloiguaçu, a Associação dos Ciclistas do Alto Iguaçu e que enviou à Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) propostas para que a próxima concessão contemple um novo conceito de mobilidade, não pensando apenas no transporte de cargas. O deputado observou que a “apresentação foi muito precisa naquilo que é um tema latente nas nossas discussões políticas do momento. Temos agora em novembro o término das concessões e a Cicloiguaçu conseguiu uma mobilização expressiva, com mais de 75% de das contribuições formais protocolizadas à ANTT e nós, via Assembleia, vamos cobrar o retorno disso. Isso que está ocorrendo no Paraná, que oxalá dê certo, que essas milhares de contribuições (de propostas à ANTT que participaram da sociedade) não sejam ignoradas. Isso será um novo balizador para termos um novo modelo de rodovias integradas ao meio urbano. Não podemos perder essa oportunidade de garantir que os próximos 30 anos tenham outro tipo de desenvolvimento, inclusivo, com aumento do fluxo de ciclistas. O uso de bicicleta pelo lazer, pelo esporte, pelo turismo e pela modalidade é uma crescente”.

No período da tarde foram apresentados trabalhos sobre “Políticas Distributivas e Cidade: o comportamento legislativo de vereadores e sua relação com a gestão do espaço urbano na RMC”, de autoria de Patrícia Sene de Almeida (Mestra em Gestão Urbana – PUCPR); “Inovações democráticas para conselhos municipais de turismo no Paraná no contexto da Pandemia de Covid-19”, de Juliana Ferreira da Silva (Doutoranda em Políticas Públicas – UFPR); “Uma revisão cientométrica das pesquisas sobre elites políticas”, de autoria de Adriano Codato (professor), Rodrigo Silva (mestrando), Rafael Perich (mestrando), Maiane Bittencourt (doutoranda) e Mariana Lorencetti (doutoranda), todos em Ciência Política – UFPR; finalizando com “Outliers são outsiders? Perfil dos Deputados Estaduais “heavy users” de mídias digitais na legislatura de 2019 – 2023”, por Fernando Wisse (doutorando em Ciência Política – UFPR), Márcio Giovanni Macedo (mestrando em Ciência Política – UFPR), e Rafael Linhares e Padilha (graduando em Ciências Sociais UFPR).

Programação de sexta-feira - A II Semana Acadêmica da Escola do Legislativo conclui seus trabalhos nesta sexta-feira (1º) e as últimas apresentações terão início às 9h30, com transmissão ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo.

- O planejamento e execução de políticas públicas voltadas para geração de emprego e renda no município de São José dos Pinhais: uma análise baseada nos relatórios da Lei 4.320/64, Plano Plurianual e Lei de Diretrizes Orçamentárias referentes a 2019

Autora: Bianca Valoski (Doutoranda em Políticas Públicas – UFPR)

- Ambição política e sucesso eleitoral dos premiados do DIAP na Câmara dos Deputados do Brasil (2015-2020)

Autores: Gabryela dos Santos Gabriel (mestranda); Nilton Garcia Sainz (doutorando); Amanda Fantato Sangalli (mestranda); Rodrigo da Silva (mestrando). Todos na área de Ciência Política - UFPR.

- O Legislativo e os Princípios jurídicos

Autor: Valterlei A. da Costa (Doutorando em Direito do Estado – UFPR).

Fé na gestão urbana: influência de vereadores contundentes, independentes e ornamentais em uma região metropolitana / o caso RMC

Autora: Gisela Solheid Meister (Doutora em Gestão Urbana – PUCPR).

 

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação