Audiência pública debate crimes sexuais contra crianças e adolescentes nesta sexta-feira (20) Encontro proposto pelo deputado Alexandre Amaro (Republicanos) quer reunir propostas de enfrentamento aos crimes sexuais praticados com menores de idade.

13/09/2019 17h36 | por Eduardo Santana
Deputado Alexandre Amaro (Republicanos) promove na sexta-feira (20) na Alep uma audiência pública com o tema: "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".

Deputado Alexandre Amaro (Republicanos) promove na sexta-feira (20) na Alep uma audiência pública com o tema: "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".Créditos: Orlando Kissner/Alep

Deputado Alexandre Amaro (Republicanos) promove na sexta-feira (20) na Alep uma audiência pública com o tema: "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes".

A adoção de medidas eficazes para a diminuição de menores de idade em todo o estado será o tema da audiência pública "Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes", que acontece na próxima sexta-feira (20), às 10 horas, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

O encontro, proposto pelo deputado Alexandre Amaro (Republicanos), menbro da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e das Pessoas com Deficiência (Criai), contará com a presença dos deputados federais Aroldo Martins (Republicanos-PR) e Roberto Alves (Republicanos-SP); da sargento Tânia Guerreiro, da Polícia Militar do Paraná e especialista na área de "combate ao Abuso Sexual Infantil e Adolescente"; e da conselheira tutelar Cláudia Aparecida dos Santos, integrante da Comissão de Saúde do Conselho Tutelar de Curitiba.

Segundo Alexandre Amaro, o objetivo da audiência pública é reunir poder público e entidades da sociedade organizada para reunir propostas de enfrentamento aos crimes sexuais praticados com crianças e adolescentes. “Queremos unir as forças da sociedade para debater essa situação. Nossas crianças têm sofrido todos os dias com abusos, que muitas vezes são praticados dentro da própria casa. Isso tem que acabar. As nossas crianças são o futuro desta nação e não podem sofrer caladas com essa barbárie que vemos todos os dias”, afirmou o deputado.

Números – De acordo com o Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber), em todo o estado do Paraná mais de 500 denúncias de abuso sexual e aliciamento de crianças pela internet estão sob investigação da Polícia Civil do Estado do Paraná. Já no programa de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (DEDICA), mantido pela Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas, a equipe de médicos e psicólogos atende entre oito e 10 novos casos de violência sexual grave contra crianças por semana.

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação