Deputados aprovam cinco projetos durante a sessão plenária desta terça-feira (5) Proposta do deputado Evandro Araújo (PSC) pretende dar publicidade ao fato de que a entrega de filhos para a adoção, mesmo antes do nascimento, não é ilegal.

05/02/2019 17h16 | por Vanderlei Rebelo
Sessão Plenária 05/02/2019

Sessão Plenária 05/02/2019Créditos: Sandro Nascimento/Alep

Sessão Plenária 05/02/2019

O plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) aprovou na sessão desta terça-feira (5) os cinco projetos de lei que constavam da Ordem do Dia, todos eles apreciados em primeira discussão. Confira a seguir quais são as proposições:

  • Projeto de lei 294/2018, do deputado Nelson Luersen (PDT), que inclui a Feira do Carneiro, realizada no município de Capanema, no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná.
  • Projeto de lei 314/2018, de autoria da deputada Maria Victória (PP), que institui o Dia e a Semana de Conscientização sobre a Esquizofrenia.
  • Projeto de lei 364/2018, proposto pelo deputado Evandro Araújo (PSC), que determina a afixação de placas informativas nas unidades públicas e privadas de saúde sobre a adoção de nascituro (aquele que irá nascer).
  • Projeto de lei 566/2018, do deputado Professor Lemos (PT), que concede título de utilidade pública à Associação Maringaense de Karatê Shotokan-AMKS, sediada em Maringá.
  • Projeto de lei 568/2018, apresentado pelo deputado Delegado Recalcatti (PSD), que concede título de utilidade pública à Agência Nacional em Mobilidade (Anamob), sediada em Curitiba.

Ao final da sessão, o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), convocou nova plenária para esta quarta-feira (6), às 14h30.



Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação