Governo do Estado vai destinar R$ 100 milhões do orçamento de 2021 para compra de vacinas contra a Covid-19 Proposta de emenda ao projeto de lei nº 248/2020 foi entregue na Assembleia Legislativa do Paraná e reforça ações da Saúde nas diretrizes orçamentárias, que serão votadas pelos deputados.

20/07/2020 17h07 | por Trajano Budola / Eduardo Santana
Chefe da Casa Civil, Guto Silva, entrega ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, proposta que garante recursos para a compra de vacina contra a Covid-19.

Chefe da Casa Civil, Guto Silva, entrega ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, proposta que garante recursos para a compra de vacina contra a Covid-19.Créditos: Dálie Felberg/Alep

Chefe da Casa Civil, Guto Silva, entrega ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, proposta que garante recursos para a compra de vacina contra a Covid-19.

Na tarde desta segunda-feira (20), o secretário chefe da Casa Civil, Guto Silva, entregou ao presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), a proposta de uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2021 para garantir a compra de vacinas e a imunização da população paranaense contra a Covid-19. São R$100 milhões que devem ser destinados a programas, ações e reforço de dotação orçamentária para a área de Saúde no próximo ano.

“O Poder Executivo apresenta à Assembleia uma proposta de mudança orçamentária já para o próximo ano. Estamos muito preocupados com o desempenho orçamentário e a retração da economia que vai afetar a arrecadação do Estado, mas precisamos antecipar o processo da pandemia e estamos prevendo mais de R$ 100 milhões que serão utilizados no próximo ano para a compra de vacinas. Imaginamos que em 2021 teremos a vacina disponível e a vacinação em massa nos possibilitará a retomada econômica mais rápida”, explicou Guto Silva.

De acordo com o presidente Ademar Traiano a proposta entregue pelo Executivo se aplicará como emenda à LDO que já tramita na Assembleia. “Como ainda não votamos a LDO, esta proposta vem com o objetivo de se fazer uma emenda ao orçamento para que possamos apreciar a partir do mês que vem (agosto) e aprovarmos esta possibilidade de remanejamento orçamentário para a garantia e segurança de recursos ano que vem para a compra de vacinas importantes diante da pandemia”, afirmou.

Presente à reunião, o líder do Governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri (PSD), destacou a parceria do parlamento com o Poder Executivo em matérias que são importantes para os paranaenses. “A Assembleia não tem faltado ao Governo na apreciação com muita agilidade de matérias tanto no combate ao Coronavírus como às suas consequências”, declarou.

Antecipação – A proposta do Governo do Estado é uma antecipação para o momento em que seja anunciada mundialmente a efetividade de uma vacina que possa ser aplicada contra a Covid-19. Mesmo ainda sem esta comprovação, Guto Silva explicou que o planejamento prevê a aquisição dos lotes de vacina com base nos estudos que têm sido apresentados. “A Secretaria de Estado da Saúde tem acompanhado a situação e espera que ano que vem já exista a vacina. Por isso estamos remanejando dentro do orçamento um porcentual para que a compra seja feita com agilidade”, disse.

O secretário da Casa Civil explicou que a medida evita a perda de tempo e a burocracia para o remanejamento de recursos emergencialmente no momento em que a vacina for anunciada. “Não temos ainda uma vacina testada e comprovada no mercado. Mas o dinheiro para a vacina já estará disponível no orçamento do próximo ano e assim que tenhamos uma resposta efetiva, poderemos adquirir as vacinas e devolver à população sua tranquilidade”, disse.

Para o deputado Ademar Traiano, as perspectivas de que uma vacina seja anunciada em breve explicam a prevenção adotada pelo Governo do Estado. “O Executivo está prevenindo-se e determinando a aplicação destes recursos de R$100 milhões na peça orçamentária da LDO para a aquisição das vacinas à população paranaense no ano que vem”, afirmou.

A proposta enviada pelo Governo foi lida durante a sessão plenária desta segunda-feira (20) da Assembleia Legislativa e, com isso, segue para a Comissão de Orçamento, onde o projeto de lei 248/2020, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2021, está sendo analisado.

 

Sessão plenária – Ainda durante a sessão plenária, seis projetos que integravam a pauta de votação foram analisados pelos deputados estaduais.

Os deputados aprovaram em primeiro turno de votação o projeto de resolução 7/2020, assinado pela Comissão Executiva da Casa, alterando o anexo único da Resolução 11/2016 que trata do regimento interno do Poder Legislativo. O texto recebeu 46 votos a favor, quatro contrários e três abstenções. Na Comissão de Constituição e Justiça, o parecer favorável à proposta emitido pelo relator, deputado Delegado Francichini (PSL), foi aprovado com 53 votos favoráveis. Agora a matéria retorna à pauta de votações para ser votada em segunda discussão na sessão plenária remota desta terça-feira (21).

Com a alteração prevista na proposta, a eleição da Mesa Diretora para as 3ª e 4ª sessões legislativas poderá ocorrer a partir do dia 1º de agosto do segundo ano de cada legislatura. Atualmente a data é 10 de outubro. A proposição altera também o caput do artigo 36, da mesma resolução, determinando que a indicação dos integrantes das Comissões permanentes será realizada cinco dias úteis após a eleição da Mesa Diretoria, tanto para o primeiro quanto para o segundo biênio de cada Legislatura. Atualmente esse prazo é de 15 dias após o início de cada período legislativo.

“Nós discutimos com todos os líderes partidários na semana que passou. Fiz uma videoconferência com todos os líderes para definirmos essa situação. É previsto no regimento início de outubro para a eleição, com o adiamento das eleições municipais, temos muitos deputados que participarão da eleição para prefeito. Portanto, achamos por bem antecipar para o mês de agosto com aval de praticamente de todos os parlamentares”, afirmou o presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Conscientização – Os parlamentares aprovaram em primeira votação o projeto de lei 181/2019, do deputado Emerson Bacil (PSL), que institui o Dia Estadual de Conscientização e Valorização das Trissomias Cromossômicas, a ser celebrado anualmente no dia 23 de março. O objetivo da proposta é fazer com que o Governo do Estado firme parcerias com entidades sem fins lucrativos e instituições que tratam do tema para a realização de eventos, campanhas e atividades de conscientização, diagnósticos e tratamentos das pessoas que possuem síndromes ligadas às trissomias cromossômicas.

As trissomias cromossômicas são alterações genéticas que alteram o número de cromossomos durante ou após a formação do embrião. Essas alterações desenvolvem síndromes como a de Down, de Edwards e a de Patau. De acordo com a justificativa do projeto, estima-se que 8,1% de todas as gestantes tenham alterações cromossômicas, representando uma frequência aproximada de 6% de natimortos, 1% de nascidos vivos, sendo uma das principais causas de letalidades no estágio precoce do desenvolvimento fetal que leva ao aborto espontâneo em 50% dos casos.

Utilidade pública – Por fim, os deputados aprovaram em primeira discussão os projetos de lei 850/2019, do deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que concede o título de Utilidade Pública ao Asilo São Francisco de Assis, da cidade de Abatiá; e o 139/2020, do deputado Delegado Recalcatti (PSD), que concede o título de Utilidade Pública ao Centro de Apoio a pacientes Oncológicos Doutor Bezerra de Menezes, da cidade de Curitiba.

Executivo -  O projeto de lei complementar 7/2020, de autoria do Poder Executivo, alterando a Lei Complementar nº 108, de 19 de maio de 2005, que dispõe sobre a contratação de pessoal por tempo determinado, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, nos órgãos da Administração Direta e Autárquica do Poder Executivo, foi retirado da pauta de votações da sessão remota desta segunda-feira.

O texto avançou na CCJ após receber 45 votos a favor e oito contra. Com isso, o voto contrário apresentado pelo deputado Tadeu Veneri (PT) foi prejudicado. O texto avançou com uma emenda modificativa apresentada na CCJ pelo deputado Nelson Justus (DEM) que também permite a contratação de servidores temporários no âmbito da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo – SEDEST com o objetivo de desenvolver atividades de defesa e proteção ambiental através do fomento, execução de obras, fiscalização e monitoramento.

Na Comissão de Finanças e Tributação, o deputado Arilson Chiorato (PT) solicitou vista ao parecer favorável emitido pelo relator, deputado Emerson Bacil (PSL). Já na Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais, o parecer contrário emitido pelo relator, deputado Goura (PDT), recebeu pedido de vista do deputado Delegado Recalcatti (PSD). Como tramita em regime de urgência, o projeto retorna à ordem do dia da sessão plenária desta terça-feira (21).

De acordo com o Governo do Estado, a proposta tem como objetivo promover a contratação de pessoal por tempo determinado para as atividades relacionadas à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. O Executivo justifica que, devido à pandemia de Covid-19, se faz necessário a contratação de trabalho temporário para realizar os procedimentos de licenciamento ambiental represados.

Doação de sangue – O projeto de lei 392/2020, do deputado Anibelli Neto (MDB), que institui o Julho Vermelho, mês dedicado para ações de conscientização e incentivo à doação de sangue, também foi retirado da pauta de votações. Na CCJ, o relator da matéria, deputado Evandro Araújo (PSC), emitiu parecer favorável ao texto na forma de substitutivo geral. No entanto, o líder do Governo na Casa, deputado Hussein Bakri (PSD), solicitou vista ao parecer. Com isso, a matéria voltará a ser debatida na Assembleia na próxima semana.

Ouça o Podcast relacionado

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação
abrir página Fechar Voltar
  • Abatiá
  • Agudos do Sul
  • Almirante Tamandaré
  • Altamira do Paraná
  • Alto Paraíso
  • Alto Paraná
  • Alto Piquiri
  • Alvorado do Sul
  • Amaporã
  • Anahy
  • Andirá
  • Antonina
  • Antônio Olinto
  • Arapongas
  • Arapoti
  • Arapuã
  • Araruna
  • Ariranha do Ivaí
  • Assis Chateaubriand
  • Astorga
  • Atalaia
  • Bandeirantes
  • Barbosa Ferraz
  • Barra do Jacaré
  • Barracão
  • Bela Vista da Caroba
  • Bela Vista do Paraíso
  • Bituruna
  • Boa Esperança
  • Boa Esperança do Iguaçu
  • Boa Ventura do São Roque
  • Boa Vista da Aparecida
  • Bom Jesus do Sul
  • Bom Sucesso do Sul
  • Bom Sucesso
  • Borrazópolis
  • Braganey
  • Brasilândia do Sul
  • Cafeara
  • Cafelândia
  • Califórnia
  • Cambará
  • Cambé
  • Cambira
  • Campina da Lagoa
  • Campina do Simão
  • Campo Bonito
  • Campo Largo
  • Campo Magro
  • Campo Mourão
  • Cândido de Abreu
  • Candói
  • Cantagalo
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques
  • Carambeí
  • Carlópolis
  • Cascavel
  • Centenário do Sul
  • Cerro Azul
  • Céu Azul
  • Chopinzinho
  • Cianorte
  • Cidade Gaúcha
  • Clevelândia
  • Colorado
  • Congoinhas
  • Conselheiro Mairinck
  • Contenda
  • Corbélia
  • Cornélio Procópio
  • Coronel Domingos Soares
  • Coronel Vivida
  • Corumbataí do Sul
  • Cruz Machado
  • Cruzeiro do Iguaçu
  • Cruzeiro do Oeste
  • Cruzeiro do Sul
  • Cruzmaltina
  • Curiúva
  • Diamante D’Oeste
  • Diamante do Norte
  • Diamante do Sul
  • Dois Vizinhos
  • Douradina
  • Doutor Camargo
  • Doutor Ulysses
  • Enéas Marques
  • Engenheiro Beltrão
  • Espigão Alto do Iguaçu
  • Esperança Nova
  • Farol
  • Faxinal
  • Fazenda Rio Grande
  • Fênix
  • Fernandes Pinheiro
  • Flor da Serra do Sul
  • Floraí
  • Florestópolis
  • Flórida
  • Formosa do Oeste
  • Foz do Iguaçu
  • Foz do Jordão
  • Francisco Alves
  • Francisco Beltrão
  • General Carneiro
  • Godoy Moreira
  • Goioerê
  • Goioxim
  • Grandes Rios
  • Guaíra
  • Guairaçá
  • Guamiranga
  • Guapirama
  • Guaporema
  • Guaraci
  • Guaraniaçu
  • Guarapuava
  • Guaraqueçaba
  • Guaratuba
  • Honório Serpa
  • Ibaiti
  • Ibiporã
  • Icaraíma
  • Iguaraçu
  • Imbaú
  • Imbituva
  • Inácio Martins
  • Inajá
  • Indianópolis
  • Ipiranga
  • Iporã
  • Irati
  • Iretama
  • Itaguajé
  • Itaipulândia
  • Itambaracá
  • Itambé
  • Itapejara D’Oeste
  • Itaperuçu
  • Ivaiporã
  • Ivatuba
  • Jaboti
  • Jacarezinho
  • Jaguariaíva
  • Jandaia do Sul
  • Janiópolis
  • Japira
  • Japurá
  • Jardim Alegre
  • Jataizinho
  • Jesuítas
  • Joaquim Távora
  • Jundiaí do Sul
  • Juranda
  • Jussara
  • Kaloré
  • Lapa
  • Laranjal
  • Laranjeiras do Sul
  • Leópolis
  • Lidianópolis
  • Lindoeste
  • Loanda
  • Lobato
  • Londrina
  • Luiziana
  • Lunardelli
  • Lupionópolis
  • Mallet
  • Mamborê
  • Mandaguari
  • Mandirituba
  • Manfrinópolis
  • Mangueirinha
  • Manoel Ribas
  • Maria Helena
  • Marialva
  • Marilândia do Sul
  • Marilena
  • Mariluz
  • Maringá
  • Mariópolis
  • Maripá
  • Marmeleiro
  • Marquinho
  • Matinhos
  • Mauá da Serra
  • Medianeira
  • Mercedes
  • Mirador
  • Miraselva
  • Moreira Sales
  • Morretes
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nova Aurora
  • Nova Cantu
  • Nova Esperança
  • Nova Esperança do Sudoeste
  • Nova Laranjeiras
  • Nova Londrina
  • Nova Olímpia
  • Nova Prata do Iguaçu
  • Nova Santa Bárbara
  • Nova Tebas
  • Novo Itacolomi
  • Ortigueira
  • Ortigueira
  • Ouro Verde do Oeste
  • Pinhais
  • Palmas
  • Palmeira
  • Palmital
  • Paraíso do Norte
  • Paranacity
  • Paranapoema
  • Paranavaí
  • Pato Branco
  • Paula Freitas
  • Paulo Frontin
  • Peabiru
  • Pérola D’Oeste
  • Pérola
  • Pinhal de São Bento
  • Pinhalão
  • Pinhão
  • Pirai do Sul
  • Piraquara
  • Pitanga
  • Ponta Grossa
  • Pontal do Paraná
  • Porecatu
  • Porto Barreiro
  • Porto Vitória
  • Prado Ferreira
  • Pranchita
  • Presidente Castelo Branco
  • Primeiro de Maio
  • Prudentópolis
  • Quarto Centenário
  • Quatiguá
  • Quatro Barras
  • Quedas do Iguaçu
  • Querência do Norte
  • Quinta do Sol
  • Quitandinha
  • Ramilândia
  • Rancho Alegre
  • Realeza
  • Rebouças
  • Renascença
  • Reserva do Iguaçu
  • Ribeirão Claro
  • Ribeirão do Pinhal
  • Rio Azul
  • Rio Bonito do Iguaçu
  • Rio Branco do Ivaí
  • Rio Negro
  • Rolândia
  • Roncador
  • Rondon
  • Sabáudia
  • Salgado Filho
  • Salto do Itararé
  • Salto do Lontra
  • Santa Cecília do Pavão
  • Santa Cruz de Monte Castelo
  • Santa Fé
  • Santa Helena
  • Santa Izabel do Oeste
  • Santa Lúcia
  • Santa Maria do Oeste
  • Santa Mariana
  • Santa Mônica
  • Santa Tereza do Oeste
  • Santa Terezinha de Itaipu
  • Santana do Itararé
  • Santo Antonio do Caiuá
  • Santo Antonio do Paraíso
  • Santo Antônio da Platina
  • Santo Inácio
  • São Carlos do Ivaí
  • São Jerônimo da Serra
  • São João do Caiuá
  • São João do Ivaí
  • São João do Triunfo
  • São João
  • São Jorge D’Oeste
  • São Jorge do Patrocínio
  • São José da Boa Vista
  • São José das Palmeiras
  • São Manoel do Paraná
  • São Mateus do Sul
  • São Pedro do Iguaçu
  • São Pedro do Ivaí
  • São Sebastião da Amoreira
  • São Tomé
  • Sapopema
  • Sarandi
  • Saudade do Iguaçu
  • Sengés
  • Sertaneja
  • Serranópolis do Iguaçu
  • Siqueira Campos
  • Sulina
  • Tamarana
  • Tamboara
  • Tapejara
  • Tapira
  • Teixeira Soares
  • Telêmaco Borba
  • Terra Rica
  • Tibagi
  • Tijucas do Sul
  • Toledo
  • Tomazina
  • Três Barras do Paraná
  • Tunas do Paraná
  • Tuneiras do Oeste
  • Tupãssi
  • Turvo
  • Ubiratã
  • Umuarama
  • União da Vitória
  • Uniflor
  • Uraí
  • Ventania
  • Vera Cruz do Oeste
  • Virmond
  • Wenceslau Braz
  • Xambrê
Assembleia decreta calamidade pública em 331 municípios veja no mapa