DEM
  • (41) 3350-4065
Nelson Justus
www.nelsonjustus.com.br

O deputado estadual Nelson Justus, tem marcado a sua atuação pública a partir da capacidade de promover a inovação, seja como parlamentar, seja em outras áreas de atuação.

Nascido em Curitiba, formou-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná, em 1970, com curso de especialização na Faculdade de Direito de Coimbra. Iniciou a sua carreira profissional como professor de Português e Direito Usual na Escola Técnica de Comércio de Plácido e Silva, onde ministrou aulas por oito anos.

A dedicação à causa pública de oferecer conhecimento e formar gerações acabou o conduzindo, em 1985, à presidência da Companhia de Habitação do Paraná. A sua capacidade administrativa e os bons resultados na construção de casas para a população de todo o Paraná o habilitaram a assumir no ano seguinte a presidência da Sanepar, onde trabalhou para ampliar e melhorar a qualidade dos serviços de água e saneamento básico em todo o Estado.

Em 1990, foi eleito deputado estadual para cumprir o seu primeiro mandato. O bom trabalho parlamentar e o respeito para com a população representada levaram a sua reeleição em 1994. Graças a sua liderança política e competência administrativa, foi convidado pelo então governador Jaime Lerner para assumir a Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico. Nesse período, o Paraná conheceu o seu maior crescimento econômico e desenvolvimento industrial das últimas décadas. Empresas como a Volkswagen/Audi, Tetrapak, Pado, Sadia-Frigobrás, Tafisa, Dixie Toga, Elevadores Atlas e centenas de outras, que hoje geram dezenas de milhares de empregos, instalaram-se no Paraná como parte do esforço conjunto da equipe na qual Nelson Justus era o condutor das negociações para a atração de investimentos.

Reeleito em 1998, assumiu a presidência da Assembleia Legislativa do Paraná (1999-2000) pela primeira vez, iniciando importantes reformas estruturais na Casa. Nelson Justus democratizou a tomada de decisões, iniciou a completa informatização do Poder, instituiu um Plano de Demissão Voluntária e reduziu o quadro de pessoal.

Sempre chamado a participar das grandes decisões do Estado, Nelson Justus assumiu, em 2001, a Secretaria de Estado dos Transportes, onde executou um dos maiores programas de recuperação rodoviária do Paraná em sua história.

Em continuidade à vida pública, reeleito em 2002, seu quarto mandato consecutivo, Nelson Justus foi sinônimo de obras e realizações. Os prefeitos do Paraná puderam testemunhar a seriedade de suas ações como deputado municipalista. Sua incansável batalha diária na busca de recursos junto ao Governo Estadual, em prol dos municípios paranaenses, foi retribuída com o reconhecimento das mais expressivas lideranças e com o carinho da população do Paraná.

Em 2006, Nelson Justus foi reeleito. Neste mesmo ano conseguiu aprovação de duas Emendas à Constituição que mudaram a história do legislativo paranaense. A Emenda Constitucional que deu fim ao voto secreto dos deputados tornou o processo de votação transparente e os eleitores passaram a acompanhar, de maneira clara, como votam os deputados eleitos. A outra Emenda Constitucional de extrema importância foi a que obriga a Sanepar a fiscalizar novas construções para a liberação do habite-se, ou seja, só recebe o

"habite-se" a construção que estiver correta em relação à rede coletora de esgotos. A aprovação significa água limpa e saúde para a população.

Eleito em 2007, pela segunda vez, presidente da Assembleia Legislativa, sua primeira ação, juntamente com a Mesa Executiva, foi a redução do recesso parlamentar de 90 para 55 dias. O fortalecimento das Comissões Permanentes da Casa, as mudanças no Regimento Interno para dinamizar os trabalhos na Assembleia Legislativa e a organização e implantação da TV SINAL estão entre suas ações. Em 2009, reeleito presidente da Assembleia Legislativa, desempenhou seu mandato no qual se destaca o amplo processo de informatização – o Portal da Transparência; a implantação do painel eletrônico; a ampliação da cobertura da TV Sinal; a criação do ponto biométrico, que fiscaliza a entrada e saída dos funcionários do Legislativo e a aprovação da Lei da Transparência.

No dia 2 dezembro de 2010, o deputado Nelson Justus, assumiu, no Palácio das Araucárias, o Governo do Estado do Paraná. Justus permaneceu interinamente no cargo até o dia 9, quando o governador em exercício Orlando Pessuti voltou do México, onde esteve participando da 16ª Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP16), na cidade de Cancun.

No ano de 2011, exercendo seu sexto mandato como deputado estadual, foi eleito como presidente da Comissão de Constituição e Justiça, considerada a mais importante do Poder Legislativo, sendo reeleito em 2013. A função da CCJ é examinar as propostas apresentadas pelos deputados em seus aspectos de constitucionalidade e legalidade sem, no entanto, entrar no mérito das questões. Como presidente da CCJ, o deputado Nelson Justus ao longo do ano de 2013 apresentou o balanço das atividades desenvolvidas em mais de 768 proposições, sendo que desses, aproximadamente 610 tiveram parecer favorável e 126 pela rejeição do projeto.

Em 2014 o Deputado Nelson Justus reafirma as mudanças implementadas no âmbito da CCJ em sintonia com as metas desenvolvidas pela Comissão Executiva, com o objetivo de tornar o Legislativo paranaense uma referência no país. Atuante, Nelson Justus acompanhou a adesão de diversos municípios ao Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM) junto ao Governo do Estado, beneficiando os municípios paranaenses com até 50 mil habitantes, reafirmando a seriedade de suas ações como deputado municipalista.

Em 2015, tendo sido reeleito com mais de 43.000 votos, coube ao deputado Nelson Justus conduzir a posse dos 54 deputados estaduais eleitos para o mandato 2015/2018 na Assembléia Legislativa do Estado do Paraná. Além disso, o deputado foi reeleito para o segundo mandato como Presidente da Comissão de Constituição e Justiça, onde vem desempenhando um trabalho de muita responsibilidade à frente de uma das Comissões mais importantes da Casa.

* (As informações contidas no perfil do deputado são de responsabilidade da assessoria do próprio parlamentar)

Veja mais notícias de Nelson Justus
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação
abrir página Fechar Voltar
  • Abatiá
  • Agudos do Sul
  • Almirante Tamandaré
  • Altamira do Paraná
  • Alto Paraíso
  • Alto Paraná
  • Alto Piquiri
  • Alvorado do Sul
  • Amaporã
  • Anahy
  • Andirá
  • Antonina
  • Antônio Olinto
  • Arapongas
  • Arapoti
  • Arapuã
  • Araruna
  • Ariranha do Ivaí
  • Assis Chateaubriand
  • Astorga
  • Atalaia
  • Bandeirantes
  • Barbosa Ferraz
  • Barra do Jacaré
  • Barracão
  • Bela Vista da Caroba
  • Bela Vista do Paraíso
  • Bituruna
  • Boa Esperança
  • Boa Esperança do Iguaçu
  • Boa Ventura do São Roque
  • Boa Vista da Aparecida
  • Bom Jesus do Sul
  • Bom Sucesso do Sul
  • Bom Sucesso
  • Borrazópolis
  • Braganey
  • Brasilândia do Sul
  • Cafeara
  • Cafelândia
  • Califórnia
  • Cambará
  • Cambé
  • Cambira
  • Campina da Lagoa
  • Campina do Simão
  • Campo Bonito
  • Campo Largo
  • Campo Magro
  • Campo Mourão
  • Cândido de Abreu
  • Candói
  • Cantagalo
  • Capanema
  • Capitão Leônidas Marques
  • Carambeí
  • Carlópolis
  • Cascavel
  • Centenário do Sul
  • Cerro Azul
  • Céu Azul
  • Chopinzinho
  • Cianorte
  • Cidade Gaúcha
  • Clevelândia
  • Colorado
  • Congoinhas
  • Conselheiro Mairinck
  • Contenda
  • Corbélia
  • Cornélio Procópio
  • Coronel Domingos Soares
  • Coronel Vivida
  • Corumbataí do Sul
  • Cruz Machado
  • Cruzeiro do Iguaçu
  • Cruzeiro do Oeste
  • Cruzeiro do Sul
  • Cruzmaltina
  • Curiúva
  • Diamante D’Oeste
  • Diamante do Norte
  • Diamante do Sul
  • Dois Vizinhos
  • Douradina
  • Doutor Camargo
  • Doutor Ulysses
  • Enéas Marques
  • Engenheiro Beltrão
  • Espigão Alto do Iguaçu
  • Esperança Nova
  • Farol
  • Faxinal
  • Fazenda Rio Grande
  • Fênix
  • Fernandes Pinheiro
  • Flor da Serra do Sul
  • Floraí
  • Florestópolis
  • Flórida
  • Formosa do Oeste
  • Foz do Iguaçu
  • Foz do Jordão
  • Francisco Alves
  • Francisco Beltrão
  • General Carneiro
  • Godoy Moreira
  • Goioerê
  • Goioxim
  • Grandes Rios
  • Guaíra
  • Guairaçá
  • Guamiranga
  • Guapirama
  • Guaporema
  • Guaraci
  • Guaraniaçu
  • Guarapuava
  • Guaraqueçaba
  • Guaratuba
  • Honório Serpa
  • Ibaiti
  • Ibiporã
  • Icaraíma
  • Iguaraçu
  • Imbaú
  • Imbituva
  • Inácio Martins
  • Inajá
  • Indianópolis
  • Ipiranga
  • Iporã
  • Irati
  • Iretama
  • Itaipulândia
  • Itambaracá
  • Itambé
  • Itapejara D’Oeste
  • Itaperuçu
  • Ivaiporã
  • Ivatuba
  • Jaboti
  • Jacarezinho
  • Jaguariaíva
  • Jandaia do Sul
  • Janiópolis
  • Japira
  • Japurá
  • Jardim Alegre
  • Jataizinho
  • Jesuítas
  • Joaquim Távora
  • Jundiaí do Sul
  • Juranda
  • Jussara
  • Kaloré
  • Lapa
  • Laranjal
  • Laranjeiras do Sul
  • Leópolis
  • Lidianópolis
  • Lindoeste
  • Loanda
  • Lobato
  • Londrina
  • Luiziana
  • Lunardelli
  • Lupionópolis
  • Mallet
  • Mamborê
  • Mandaguari
  • Mandirituba
  • Manfrinópolis
  • Mangueirinha
  • Manoel Ribas
  • Maria Helena
  • Marialva
  • Marilândia do Sul
  • Marilena
  • Mariluz
  • Maringá
  • Mariópolis
  • Maripá
  • Marmeleiro
  • Marquinho
  • Matinhos
  • Mauá da Serra
  • Medianeira
  • Mercedes
  • Mirador
  • Miraselva
  • Moreira Sales
  • Morretes
  • Nossa Senhora das Graças
  • Nova Aurora
  • Nova Cantu
  • Nova Esperança
  • Nova Esperança do Sudoeste
  • Nova Laranjeiras
  • Nova Londrina
  • Nova Olímpia
  • Nova Prata do Iguaçu
  • Nova Santa Bárbara
  • Nova Tebas
  • Novo Itacolomi
  • Ortigueira
  • Ortigueira
  • Ouro Verde do Oeste
  • Pinhais
  • Palmas
  • Palmeira
  • Palmital
  • Paraíso do Norte
  • Paranacity
  • Paranapoema
  • Paranavaí
  • Pato Branco
  • Paula Freitas
  • Paulo Frontin
  • Peabiru
  • Pérola D’Oeste
  • Pérola
  • Pinhal de São Bento
  • Pinhalão
  • Pinhão
  • Pirai do Sul
  • Piraquara
  • Pitanga
  • Ponta Grossa
  • Pontal do Paraná
  • Porecatu
  • Porto Barreiro
  • Porto Vitória
  • Prado Ferreira
  • Pranchita
  • Presidente Castelo Branco
  • Primeiro de Maio
  • Prudentópolis
  • Quarto Centenário
  • Quatiguá
  • Quatro Barras
  • Quedas do Iguaçu
  • Querência do Norte
  • Quinta do Sol
  • Quitandinha
  • Ramilândia
  • Rancho Alegre
  • Realeza
  • Rebouças
  • Renascença
  • Reserva do Iguaçu
  • Ribeirão Claro
  • Ribeirão do Pinhal
  • Rio Azul
  • Rio Bonito do Iguaçu
  • Rio Branco do Ivaí
  • Rio Negro
  • Rolândia
  • Roncador
  • Rondon
  • Sabáudia
  • Salgado Filho
  • Salto do Itararé
  • Salto do Lontra
  • Santa Cecília do Pavão
  • Santa Fé
  • Santa Helena
  • Santa Izabel do Oeste
  • Santa Lúcia
  • Santa Maria do Oeste
  • Santa Mariana
  • Santa Mônica
  • Santa Tereza do Oeste
  • Santa Terezinha de Itaipu
  • Santana do Itararé
  • Santo Antonio do Caiuá
  • Santo Antonio do Paraíso
  • Santo Antônio da Platina
  • Santo Inácio
  • São Carlos do Ivaí
  • São Jerônimo da Serra
  • São João do Caiuá
  • São João do Ivaí
  • São João do Triunfo
  • São João
  • São Jorge D’Oeste
  • São Jorge do Patrocínio
  • São José da Boa Vista
  • São José das Palmeiras
  • São Manoel do Paraná
  • São Mateus do Sul
  • São Pedro do Iguaçu
  • São Pedro do Ivaí
  • São Sebastião da Amoreira
  • São Tomé
  • Sapopema
  • Sarandi
  • Saudade do Iguaçu
  • Sengés
  • Sertaneja
  • Serranópolis do Iguaçu
  • Siqueira Campos
  • Sulina
  • Tamarana
  • Tamboara
  • Tapejara
  • Tapira
  • Teixeira Soares
  • Telêmaco Borba
  • Terra Rica
  • Tibagi
  • Tijucas do Sul
  • Toledo
  • Tomazina
  • Três Barras do Paraná
  • Tunas do Paraná
  • Tuneiras do Oeste
  • Tupãssi
  • Turvo
  • Ubiratã
  • Umuarama
  • União da Vitória
  • Uniflor
  • Uraí
  • Ventania
  • Vera Cruz do Oeste
  • Virmond
  • Wenceslau Braz
  • Xambrê
Assembleia decreta calamidade pública em 329 municípios veja no mapa