Assembleia Entrevista desta semana apresenta toda a experiência sensorial e a interatividade do Museu Planeta Água A atração da TV Assembleia traz um bate-papo com Wilgor Caravanti, um dos criadores do mais novo espaço paranaense em prol da educação e do desenvolvimento sustentável.

20/09/2022 14h26 | por Eduardo Santana
O programa Assembleia Entrevista desta semana traz um bate-papo com Wilgor Caravanti, um dos criadores do Museu Planeta Água.

O programa Assembleia Entrevista desta semana traz um bate-papo com Wilgor Caravanti, um dos criadores do Museu Planeta Água.Créditos: Orlando Kissner/Alep

O programa Assembleia Entrevista desta semana traz um bate-papo com Wilgor Caravanti, um dos criadores do Museu Planeta Água.

Interatividade a serviço da preservação da água. Este é o tema central do Assembleia Entrevista dessa semana, que realiza um bate-papo com Wilgor Caravanti, diretor do Projeto Planeta Água e um dos responsáveis pelo desenvolvimento e criação do mais novo espaço paranaense em prol da educação e do desenvolvimento sustentável.

Inaugurado no final do último mês de junho, em Curitiba, o Museu Planeta Água é o primeiro espaço interativo do Brasil dedicado totalmente ao estudo da água. O local pretende tornar a água mais “visível” e respeitada pela nossa sociedade, demonstrando a importância desse elemento fundamental a partir da história da água e do saneamento, de uma forma leve e lúdica, utilizando recursos interativos e sensoriais de última geração.

“O nosso desafio sempre foi encantar para educar. E trabalhamos sempre com o objetivo de criar elementos criativos e sensoriais. O foco sempre foi transforar o museu não naquela coisa estática, como normalmente os museus são. Mas em algo total interativo”, explica Caravanti.

Instalado na primeira estação de tratamento de água do Paraná, a ETA Tarumã, inaugurada em 1945 e desativada em 2004, o Museu conta nove espaços, complementares e integrados, dedicados à água. Cada um aborda o assunto de diferentes perspectivas, provocando reflexão e impacto: entre eles, “A Origem da Água”, “Água e Consumo”, “Água e Prazer” e “Água e Morte”.

“Adaptamos o espaço do prédio, que já existia, para a cenografia e interatividade do museu. A mensagem central que queremos passar é de que água é fonte de vida que pode acabar, que toda ação por parte das pessoas importa. Então, o museu quer deixar a mensagem: cuide da água”, afirma o diretor do projeto.

Uma das atrações do Museu é a escultura de um esqueleto de uma baleia azul, com 23 metros de comprimento, construída com mais de 40 mil itens de embalagens plásticas. Além disso há um mapa-múndi, com mais de 90 camadas de relevo da Terra e projeções videomapeadas que abordam temas como o deslocamento humano sobre os mares, os lixos nos oceanos e os Rios Voadores da Amazônia.

“O museu tem o desafio de não dar respostas, mas sim levantar perguntas. Nós queremos, sim, provocar as pessoas. Não só para que individualmente faça o seu papel, mas para que também cobre dos poderes públicos suas responsabilidades na preservação dos recursos naturais”, destaca.

O Museu Planeta Água está localizado na Rua Engenheiro Antônio Batista Ribas, 151, no bairro Tarumã, em Curitiba. O local funciona de terça a sábado, das 9h às 17h (última entrada às 16h30) e as visitas devem ser agendas no site www.museuplanetaagua.org.br.

O programa Assembleia Entrevista ouve pessoas da comunidade que se destacam por trabalhos e serviços que prestam à população. A atração, que vai ao ar às quintas-feiras, às 11 horas, com reprises ao longo da semana, tem como cenário o Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná.

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação