Museu da Imagem e do Som trabalha na formação de público e profissionais TV Assembleia conversou com a diretora do MIS-PR, Mirele Camargo, que falou sobre os desafios de cuidar de um acervo que conta a história do Paraná.

22/09/2022 11h15 | por Thiago Alonso
Mais de 3 milhões de itens integram o acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná. A diretora do MIS, Mirele Camargo, relata no Programa Arte & Cultura na Assembleia como é cuidar desse acervo que conta a história do Paraná.

Mais de 3 milhões de itens integram o acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná. A diretora do MIS, Mirele Camargo, relata no Programa Arte & Cultura na Assembleia como é cuidar desse acervo que conta a história do Paraná.Créditos: Orlando Kissner/Alep

Mais de 3 milhões de itens integram o acervo do Museu da Imagem e do Som do Paraná. A diretora do MIS, Mirele Camargo, relata no Programa Arte & Cultura na Assembleia como é cuidar desse acervo que conta a história do Paraná.

Os desafios para administrar um acervo com mais de três milhões de itens é o tema desta semana do programa Arte & Cultura na Assembleia, da TV Assembleia. A atração conversou com a diretora do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR), Mirele Camargo, que contou um pouco sobre o trabalho de catalogar e conservar parte da história audiovisual do Paraná. O programa vai ao ar às sextas-feiras, às 11 horas, com reprises ao longo da semana.

Segundo a especialista, o grande desafio à frente do MIS é atrair público para o Museu. “O desafio não é aproximar o público, e sim divulgar o MIS. As pessoas não conhecem o Museu. Não têm o hábito de visita. O desafio é trazer as pessoas para dentro do Museu. É isso que nos importa”, revelou.  Para superar essa distância, a equipe do MIS realiza um trabalho que abre as portas do espaço para a população. “Fazemos muitas oficinas, palestras, cursos e cineclubes para formação de público. Induzimos a sociedade a imergir nesse material. Trabalhamos também com as universidades e os cursos ligados à arte. Estamos sempre trabalhando para formação de profissionais e de público”, contou Mirele.

A diretora do Museu revelou ainda que, além disso, o próprio acervo é uma atração à parte. “O número de um milhão de itens vem sendo divulgado desde o começo dos anos 2000. A atualização nunca tinha sido feita. Agora, fizemos uma recontagem e, com surpresa, descobrimos que o acervo passa de três milhões de itens”. Como ela mesma define, é uma gama gigantesca de material e história. “É um trabalho de muita delicadeza. O acervo requer cuidado muito especial, com espaço e temperatura certos para guardar. Temos sempre de estar lidando com este material diverso e peculiar em um acervo museológico”, disse.

Mirele também aproveitou a oportunidade para contar um pouco da história do Museu da Imagem e do Som do Paraná, suas idas e vindas por diversas sedes, até se fixar no local atual em Curitiba: o Palácio da Liberdade, antigo Palácio do Governo. “Criado em 1969, o MIS-PR é o segundo Museu da Imagem e do Som mais antigo do País, atrás somente do MIS do Rio de Janeiro”, lembrou Mirele.

Da sua criação até 1989, o Museu passou por várias mudanças de sede. Funcionou inicialmente numa sala da Biblioteca Pública do Paraná (1969-1972), quando ganhou autonomia e espaço físico próprio no prédio da Secretaria de Estado da Cultura. Em 1974 foram inauguradas suas instalações em sala anexa ao Museu de Arte Contemporânea. De 1981 a 1984 ficou desativado e o acervo ficou dividido entre a sede antiga e uma sala da Secretaria da Cultura. Em 1984 foi reaberto na sede da Rua XV de Novembro.

Em 1989, o MIS-PR mudou-se para o Palácio da Liberdade, que passou a ser a sede definitiva do museu. Em 2003, o prédio passou por obras de reforma estrutural e restauro para garantir a integridade do acervo. Por este motivo, a equipe técnica e o acervo foram transferidos para um espaço alternativo no bairro Santa Cândida. Em 2015, equipe e acervo retornam a sede atual. “Temos feito um trabalho intenso para que essa história não fique com manchas”, comentou a diretora.

Para quem quiser visitar o espaço, o Museu da Imagem e do Som do Paraná fica na Rua Barão do Rio Branco, 395, em Curitiba. Ele funciona de terça a sexta-feira das 10h às 19h. Já nos sábados, domingos e feriados o horário é das 10h às 17h. Para quem se interessou e quer realizar pesquisas e consultas ao acervo do MIS-PR, elas podem ser agendadas pelo e-mail mispesquisa@secc.pr.gov.br. Para dúvidas, sugestões ou outras informações, o telefone é (41) 3232-9113.

 

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação