Reichembach solicita informações sobre início das obras do Fórum de Francisco Beltrão

30/04/2019 15h07 | por Assessoria de Imprensa, com colaboração da assessoria parlamentar.
Reichembach: quem usa o Fórum sofre com a defasagem estrutural do prédio.

Reichembach: quem usa o Fórum sofre com a defasagem estrutural do prédio.Créditos: Orlando Kissner/ALEP.

Reichembach: quem usa o Fórum sofre com a defasagem estrutural do prédio.

O deputado Reichembach (PSC) informou nesta segunda-feira (29) que enviou um ofício ao presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, solicitando a verificação da situação do início das obras das novas instalações do Fórum de Francisco Beltrão. O procedimento para a realização das obras teve início em 2017, mas até o momento elas ainda não começaram a ser executadas.

Para Reichembach, a solicitação é muito importante. “Os funcionários e cidadãos que necessitam dos serviços prestados no Fórum sofrem com a defasagem estrutural do prédio e de todos os órgãos instalados lá, como as Varas Judiciais, salas de audiência, salas do Ministério Público, que estão em situação precária e também sem acessibilidade em todos os setores”, afirma. O deputado ressalta que o município cedeu ao estado o imóvel em que deve ser construído o novo Fórum para contribuir com a agilidade da implantação da nova sede, e que o prefeito Cleber Fontana e o vice Antonio Pedron também estão empenhados para resolver esta situação o quanto antes.

O atual prédio do Fórum de Francisco Beltrão foi construído em 1982, quando o município possuía pouco mais de 42 mil habitantes. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em seu último censo (2018), estima-se que o município tenha hoje cerca de 89.942 habitantes.

 

Agenda

TRAMITAÇÃO DE PROJETOS

LEIS ESTADUAIS

PROJETOS PARA JOVENS

  • Visita Guiada
  • Geração Atitude
  • labels.alep_enem
  • Parlamento Universitário
  • Escola do Legislativo
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná © 2019 | Desenvolvido pela Diretoria de Comunicação